A surfar na Onda

77

A nobreza da Chua

187

Renascer das cinzas

276

Cinco com atitude nos acessórios

Algures em 2012 despontou a Cinco, uma marca portuguesa de acessórios femininos que pulsa online e destina 30% da sua produção além-fronteiras. Há produtos novos de três em três semanas e a prata 925 domina o portefólio.

As bolsas da pele de McQueen

Como alerta à navegação, não se trata de bolsas de couro da marca, mas de acessórios desenvolvidos a partir da pele do designer britânico desaparecido em 2010. Uma estudante de moda, Tina Gorjanc, quer produzir em laboratório pele de Alexander McQueen a partir do ADN dos seus cabelos.

Moda segura

As tecnologias e inovações aplicadas ao universo da moda, como o Rfid, tornaram-se indispensáveis e um fator crítico de sucesso pela eficiência que conferem a toda a indústria têxtil e de vestuário. Participe no suplemento “Moda Segura” que o Jornal Têxtil vai publicar em outubro e divulgue as suas soluções para segurar a moda!

Vídeo do dia

Portugal Fashion Industry

video
Primavera/Verão 2016

Ribeiro & Verstraete investe na indústria

Com uma história que começou na área comercial, a Têxtil Ribeiro & Verstraete está atualmente a adicionar unidades de produção ao seu negócio. A produtora de meias, que detém a marca Riverst, continua igualmente a investir em produtos de maior valor acrescentado, pensados para segmentos como o vestuário de trabalho.
Na China, os retalhistas direcionados para o mercado de massas têm vindo a competir nos preços ou no número de lojas. O franchising ajuda, também, a ganhar escala, mas, apesar de isso lhes permitir expandir a rede de lojas, acaba por confluir na fragilidade da imagem de marca. Contudo, esta realidade está a mudar e o país está a abraçar o “lado C”, de cultura do retalho.

Lima Azevedo & Gomes abre novas portas

Os clientes valorizam o tratamento de proximidade de uma empresa cujos destinos são decididos em família, mas a Lima Azevedo & Gomes começa já a vestir os seus fatos de homem aos mercados externos. A confeção situa 2015 como o ano de arranque dos voos internacionais.

Friendly Fire Shoes, irreverência aos pés

Duas amigas na casa dos 20 juntaram-se a uma empresa nacional com mais de 20 anos de experiência no sector do calçado e, desta sinergia entre o know how e uma ideia de expressão vanguardista renasceu, em 2015, a Friendly Fire Shoes – marca bela adormecida que acordou com o chamamento de luxo irreverente de Alexandra Castro e Rute Marques.
Nos últimos anos, o tricot tem vindo a merecer a atenção do design de moda, transformando a arte das tricotadeiras em tendência. A marca nacional Terra nasceu há pouco mais de quatro meses e a quatro mãos, pelas jovens Maria Teresa Saraiva e Ana Luísa Jacob, e todas as suas ofertas foram inspiradas pelos recursos naturais existentes em Portugal.