Albano Morgado ganha mundo

Ainda com grande parte das vendas concentradas em Portugal, a Albano Morgado aumentou a quota de exportação de 20% para 55% em apenas oito anos. Os EUA e o Japão são a grande aposta para 2016 da produtora portuguesa de tecidos.

A exclusividade da Gracedition

Os stocks de óculos de sol, lingerie, swimwear e t-shirts são limitados e há, inclusivamente, a possibilidade de personalizar t-shirts com uma linha de emojis – que vão estar também disponíveis numa aplicação móvel (app) da marca portuguesa. A oferta variada da Gracedition foi apresentada em junho, mas já estava nos planos de Graça Rodrigues há alguns anos.
O crescimento da moda infantil superou já o da moda feminina e masculina, de acordo com os dados mais recentes – uma informação séria para as marcas que, afinal, só querem entrar nas brincadeiras dos petizes.

Vídeo do dia

Portugal Fashion Industry

video
Primavera/Verão 2016

Jogos de poupança no Brasil

Durante grande parte da última década, o Brasil desfrutou de um boom no consumo. A partir de 2012, a classe média brasileira abarcou 115 milhões de pessoas, mais de metade da população. Hoje, o país enfrenta uma das mais graves recessões da sua história. Que mudança trará esta alteração de paradigma ao consumo e como devem ajustar-se as empresas e marcas?
Depois de vários meses de especulação, desfiles nas mãos de uma equipa de design interina e de uma considerável lista de possíveis candidatos, Maria Grazia Chiuri, atual diretora criativa da casa Valentino ao lado de Pierpaolo Piccioli, foi descoberta pela Reuters como sucessora de Raf Simons.

Damel veste militares

A Damel apresenta novos produtos para a área militar. Além do projeto com insuflação automática SeaB2, revelado já às forças de segurança portuguesas e internacionais, a empresa portuguesa desenvolveu igualmente modelos com camuflagem ativa, a pensar nos soldados modernos.

Farfetch namora China

A retalhista online que liga os consumidores a mais de 500 boutiques e 1.500 designers à volta do globo tem novos escritórios em Xangai e Hong Kong e mostra que os seus tentáculos digitais chegaram em força à China.
A história começou por ser contada com uma máquina de costura antiga e deixou-se escrever na bainha das calças. Mas a paixão de Carlos Medeiros pelo trabalho com o burel acabou por se juntar ao lado comercial e empresarial de Elsa Gonçalves e nasceu uma marca que remexe arquivos, mas não deixa de dar notícias.