Mercados

Início Notícias Mercados

Moda como escape

A moda é uma ferramenta cada vez mais importante para a “geração mercado negro” da Coreia do Norte – responsável por pequenas, mas significativas mudanças na cultura e economia de um país à margem.

A agenda comercial dos EUA

Um pacote de projetos-lei recentemente apresentado na Câmara dos Representantes e no Senado americano promete por termo aos adiamentos consecutivamente impostos à agenda comercial do país, favorecendo a conclusão do processo ainda este ano.

Luxo em adaptação

Há quatro anos, quando os turistas chineses acorriam às capitais de moda, as lojas de luxo apenas precisavam de ter as portas abertas para lucrar. Agora, com as vendas estagnadas, os analistas aconselham os retalhistas a revigorarem as suas estratégias de forma a atraírem clientes mais jovens à procura de experiências.

Paquistão dá o salto

O Paquistão prevê a duplicação das exportações nacionais de têxteis e vestuário nos próximos cinco anos, graças à integração no acordo de comércio GSP+, promovido pela União Europeia, mas enfrenta ainda limitações que poderão atrasar o sucesso das medidas de incentivo ao sector.

A reforma da ITV indiana

Os exportadores de vestuário da Índia receberam com um misto de otimismo e fricção a reforma económica e laboral do país, anunciada pelo governo no final de junho, que deverá criar um milhão de postos de trabalho e um aumento de 9,5 mil milhões de dólares (aproximadamente 8,6 mil milhões de euros) nas exportações ao longo dos próximos três anos.

No mapa do sourcing

A indústria de vestuário do Sri Lanka tem sedimentado uma reputação de qualidade e entrega entre os compradores nos mercados dos países desenvolvidos e mostra o potencial de saber capitalizar os seus pontos fortes inerentes.

Grandes armazéns em perigo

Os grandes armazéns americanos podem vir a encerrar centenas de espaços comerciais – cerca de um quarto das suas lojas – caso pretendam voltar ao pico de produtividade, alerta uma empresa líder na análise ao ramo imobiliário.

Cuba depois do adeus a Fidel

A morte de Fidel Castro, eternamente cético nas relações com os EUA, pode abrir portas a uma maior abertura da economia cubana, mas a eleição de Donald Trump está a inquietar os empresários do país, que temem alguma fricção nas relações diplomáticas e económicas.

Olhos postos no Brasil

Com mais de 50% (97 milhões) dos brasileiros a definirem-se como negros ou mestiços, a cultura afro-brasileira está a mudar o rosto do país. Através da aceitação dos seus cabelos naturais e de tudo o que essa atitude implica, do boom de festivais de moda e de um ativismo digital ímpar, os afro-brasileiros estão a vincar a sua pegada em planetas como a moda, a beleza e o design.

Jogos de poupança no Brasil

Durante grande parte da última década, o Brasil desfrutou de um boom no consumo. A partir de 2012, a classe média brasileira abarcou 115 milhões de pessoas, mais de metade da população. Hoje, o país enfrenta uma das mais graves recessões da sua história. Que mudança trará esta alteração de paradigma ao consumo e como devem ajustar-se as empresas e marcas?

Mais vistas