Mercados

Início Notícias Mercados

América em linha

Os retalhistas americanos antecipam uma aceleração do crescimento em 2015, de acordo com uma sondagem recentemente realizada pela eBay Enterprise, com 75% dos inquiridos a mostrarem-se otimistas face ao panorama futuro das vendas online.

Vietname em derrapagem

Enquanto cinco dos principais fornecedores de têxteis e vestuário aos EUA, incluindo a China e o Bangladesh, alcançaram ganhos durante o mês de fevereiro, o fraco desempenho do Vietname surpreendeu, com uma diminuição das expedições nacionais pela primeira vez em dois anos.

A agenda comercial dos EUA

Um pacote de projetos-lei recentemente apresentado na Câmara dos Representantes e no Senado americano promete por termo aos adiamentos consecutivamente impostos à agenda comercial do país, favorecendo a conclusão do processo ainda este ano.

5 alvos do retalho – Parte 1

O panorama do consumo chinês está em transformação, dinamizado pela emergência de novos agentes, tendências e necessidades, que obrigam a uma readaptação e constante flexibilidade do sector, estabelecendo as principais linhas de atuação para 2015.

Os riscos do “Made in China”

Desde o vestuário e calçado aos brinquedos e aparelhos elétricos, um fiscalizador para a segurança europeia advertiu para a venda de um número crescente de produtos perigosos, na sua maioria provenientes da China.

Bangladesh na corda bamba

As exportações do Bangladesh aumentaram 7,4% em março face a igual período do ano anterior, fixando-se nos 2,59 mil milhões de dólares. Um crescimento que se repete pelo quinto mês consecutivo, impulsionado por fortes vendas de artigos de vestuário.

Do fio ao vestuário

A indústria têxtil e vestuário de Marrocos revelou os seus planos para, nos próximos cinco anos, criar um sector integrado, da fiação à confeção, no segmento da moda rápida e numa ótica de proximidade geográfica à Europa, sem negligenciar as oportunidades que florescem no mercado interno.

Reinventar o passado

A maior loja de artigos infantis da União Soviética reabriu para uma nova geração de crianças, depois de uma remodelação maciça e controversa, incorporando um renovado conceito de patriotismo e grandeza nos espaços e detalhes.

A longa marcha dos salários

Frequentemente, as tentativas de implementação de um salário digno na indústria do vestuário mundial resultam em adiamentos constantes. Procurando reverter a situação, a Fundação Fair Wear lançou a plataforma digital Living Wage Portal que mostra, às marcas e retalhistas, os passos que devem tomar.

China no TPP?

O acordo multilateral de comércio que sustenta a Parceria Transpacífica (TPP na sigla inglesa) tem o potencial de transformar o panorama do aprovisionamento global de vestuário, mas após cinco anos de negociações existem ainda entraves à sua finalização e o papel do império do Meio continua incerto.

Mais vistas