Mercados

Início Notícias Mercados

Bangladesh na corda bamba

As exportações do Bangladesh aumentaram 7,4% em março face a igual período do ano anterior, fixando-se nos 2,59 mil milhões de dólares. Um crescimento que se repete pelo quinto mês consecutivo, impulsionado por fortes vendas de artigos de vestuário.

Do fio ao vestuário

A indústria têxtil e vestuário de Marrocos revelou os seus planos para, nos próximos cinco anos, criar um sector integrado, da fiação à confeção, no segmento da moda rápida e numa ótica de proximidade geográfica à Europa, sem negligenciar as oportunidades que florescem no mercado interno.

Reinventar o passado

A maior loja de artigos infantis da União Soviética reabriu para uma nova geração de crianças, depois de uma remodelação maciça e controversa, incorporando um renovado conceito de patriotismo e grandeza nos espaços e detalhes.

A longa marcha dos salários

Frequentemente, as tentativas de implementação de um salário digno na indústria do vestuário mundial resultam em adiamentos constantes. Procurando reverter a situação, a Fundação Fair Wear lançou a plataforma digital Living Wage Portal que mostra, às marcas e retalhistas, os passos que devem tomar.

China no TPP?

O acordo multilateral de comércio que sustenta a Parceria Transpacífica (TPP na sigla inglesa) tem o potencial de transformar o panorama do aprovisionamento global de vestuário, mas após cinco anos de negociações existem ainda entraves à sua finalização e o papel do império do Meio continua incerto.

Consumidor solitário

A rápida urbanização e o número decrescente de casamentos em território chinês têm favorecido a emergência de um novo grupo de consumidores, que procura produtos e experiências adequadas ao seu estilo de vida independente.

África nossa

O potencial do continente africano como fonte primária para a produção de têxteis e de vestuário tem sido largamente debatido, sugerindo a construção de cadeias de fornecimento verticais, que concentrem marcas e produtores, envolvidos na criação de um núcleo sólido de aprovisionamento para o futuro.

Japão fora do mapa

As ambições de globalização da marca britânica Topshop sofreram um revés em território nipónico, com o encerramento das suas cinco lojas locais no início deste ano. Os motivos são agora analisados por Magdalena Kondej, responsável de pesquisa sobre vestuário e calçado do Euromonitor International.

Bangladesh em luta com o euro

A ITV do país enfrenta agora os impactos negativos da depreciação da moeda europeia, estando ainda a recuperar da incessante instabilidade política interna, cujos efeitos cumulativos afetam aquele que é um dos sectores prioritários de intervenção estratégica para o Bangladesh.

Algodão indiano em queda

O aumento dos stocks mundiais e a diminuição das compras por parte da China estão a levar a uma quebra das exportações de algodão da Índia, uma situação que o país está a tentar contrariar através do aumento das vendas a outros mercados e da diminuição dos preços desta matéria-prima.

Mais vistas