Uma das criações da jovem designer – o Colar Cervical de Filigrana de Ouro – mereceu um lugar de destaque no Museu da Joia de Vicenza, integrando a sua exposição inaugural. Agora, é Olga Noronha quem se prepara para passear pelos corredores do museu, tendo sido apontada como sua curadora.

Lá vem a noiva

Micaela Oliveira, Diogo Miranda, Anabela Baldaque, Alexandra Moura, Miguel Vieira e Nuno Baltazar são apenas alguns dos designers nacionais que têm levado noivas com vestidos customizados até ao altar.
O crescimento económico é tendência nos noticiários, mas estará em destaque nas montras das lojas dos designers nacionais? As moedas estrangeiras têm ajudado à retoma do mercado nacional, mas estarão a comprar moda? Anabela Baldaque, Júlio Torcato, Diogo Miranda e Miguel Vieira respondem.
As colaborações Nuno Baltazar + Sport Zone, Susana Bettencourt + Fifitex e Nair Xavier + Diniz & Cruz transformaram a passerelle e os bastidores da moda em altares, celebrando-se casamentos felizes entre a moda de autor e a indústria têxtil e vestuário.
Graças às colaborações com Mariana Monteiro, Leonor Poeiras e Rúben Rua, a Rufel está na moda e desfila no Portugal Fashion. A partir de Santa Maria da Feira, a marca de acessórios orgulha-se de continuar a crescer no seio da família fundadora, mas vai alargando horizontes com o grupo de amigos.
São millennials e Z’s, membros das gerações de consumidores que, entre os ecrãs e as experiências, estão a redefinir as estratégias/produtos das marcas e a dinâmica do consumo. Têm, também, marcas próprias e, melhor do que ninguém, sabem como conquistar os seus pares.
Numa viagem entre Guimarães e Lisboa, com paragem em Castelo Branco, podem conhecer-se não só as salas de aula das escolas de moda nacionais, mas também as pontes que as ligam à indústria têxtil. De longa data ou ainda a dar os primeiros passos, o diálogo entre a escola e a fábrica tem dado frutos.
Na sua 41.ª edição, o Portugal Fashion mostrou-se apostado em contribuir para a retoma do mercado interno com passerelles cada vez mais próximas dos guarda-roupas do consumidor, parcerias estratégicas entre designers e indústria e novos pontos de venda de alguns dos nomes fortes do calendário de desfiles.
O maior grupo de retalho de moda continua sem dar sinais de abrandamento e, além do aumento das vendas no geral, tem aproveitado o comércio eletrónico para crescer. Os números mais recentes dão conta de um incremento do negócio online da Inditex superior a 35% no último ano fiscal.
Afinal, o ano letivo não arrancou a 19 de setembro, mas ontem, na passerelle do projeto Bloom do Portugal Fashion. Seis escolas e oito designers emergentes tiveram um primeiro dia de aulas diferente, que os convidou a uma viagem de elétrico.

Mais vistas