Retalho

Início Notícias Retalho

Índia destrona China

A China deixou de ser a n.º1 no ranking dos mercados mais promissores para a expansão do retalho. A Índia ocupou o topo da tabela, numa manobra alavancada pela economia e taxas de consumo em expansão, um incremento da população urbanizada e uma classe média em crescimento.

Seminário analisa o retalho de moda

O omnicanal, a sustentabilidade e os novos modelos de loja física, onde a tecnologia ganhou um papel principal, são alguns dos temas que serão abordados no seminário “Tendências no Retalho de Moda”, que se realiza já na quinta-feira, dia 8 de junho, e conta com a presença das especialistas Karinna Nobbs e Isabel Cantista.

Consumidores querem lojas tecnológicas, já!

Mais de 90% dos consumidores da geração Z afirmam que um forte sinal de Wi-Fi é importante para a sua experiência de compras global, de acordo com uma pesquisa junto de mais de 1.350 consumidores norte-americanos conduzida pela consultora HRC Retail Advisory.

Cinco eixos de mudança no retalho

A Macy’s planeia encerrar 15% das suas lojas, aproximadamente 30 Sears vão fechar portas e, nas marcas, a Abercrombie & Fitch pretende suprir 60 pontos de venda, a American Apparel 110 e a BCBG 120. Estes encerramentos podem ser um alerta para que outros repensem o seu propósito num mercado cada vez mais exigente.

A guerra dos mundos no retalho

Aproximadamente 65% dos consumidores fazem pesquisas de produtos online antes de entrarem numa loja física. Mais do que indicarem uma mudança no comportamento de compra, estes números sinalizam a necessidade de os retalhistas otimizarem as suas experiências digitais, sem descurarem o retalho tradicional.

A reinvenção do retalho russo

Com a economia russa a dar sinais de recuperação, começa também a vir à superfície uma nova estética de retalho, com as marcas locais a desenvolverem estratégias inovadoras para conquistar um novo tipo de cliente.

Portas abertas para o futuro

No horizonte do retalho tradicional, ainda não se consegue avistar com clareza a loja do futuro, mas muitos estão já a fazer as suas apostas. Experimentação, customização, interatividade e omnicanal são apenas alguns dos conceitos atualmente explorados pelos retalhistas mais inovadores.

H&M não desilude em abril

A retalhista sueca anunciou os resultados das vendas em abril e não desapontou os analistas. O crescimento de 7% face ao mesmo mês do ano passado ficou em linha com as expectativas e marca o 25.º mês consecutivo de crescimento para a H&M, que recentemente anunciou uma nova cadeia de lojas.

Ver na loja, comprar online

Mais de 55% dos consumidores visitam as lojas físicas, veem e tocam nos artigos, antes de finalizarem a compra online, enfatizando a ideia de que as experiências omnicanal são essenciais para o retalho moderno.

Manual de sobrevivência do retalho

Só porque os consumidores estão menos propensos a entrar em determinados espaços, não significa que não estejam interessados nas lojas em geral. O problema, argumentam os analistas, é que alguns retalhistas não estão preocupados com os clientes, mas com as suas compras.

Mais vistas