Retalho

Início Notícias Retalho

H&M vai de férias em alta

A gigante sueca Hennes & Mauritz registou novo crescimento das vendas em junho, mas adiantou que, entretanto, vai deixar de divulgar resultados mensais em favor da agenda trimestral do mercado de capitais, publicando informações mais detalhadas sobre a atualidade do negócio.

Startups: o novo rosto do retalho

Enquanto gigantes como American Apparel, Macy’s ou Guess experimentam dissabores como encerramentos de lojas e despedimentos, os jogadores mais pequenos estão a trazer a experiência do retalho para o século XXI, com foco na autenticidade e comunidade e, em muitos aspetos, a deixar as vendas para segundo plano.

Nova era do retalho chinês

As informações e os dados agregados nos marketplaces são a mais recente ferramenta dos retalhistas tradicionais chineses em busca de melhorar o envolvimento dos clientes enquanto otimizam as margens.

C&A abraça moda circular e Portugal

No passado mês de junho, a C&A apresentou a primeira coleção de t-shirts orgânicas, 100% recicláveis e socialmente responsáveis, com certificação Cradle to Cradle Gold – um dos passos mais significativos dados pela marca em direção ao compromisso com a sustentabilidade.

Primark com prego a fundo

Nos 10 primeiros meses do seu ano fiscal, as vendas da Primark não conheceram um travão – sobretudo graças à expansão da rede de lojas, tanto no mercado doméstico como no exterior.

Retalho físico conjuga tempos futuros

A onda de falências que tem assolado o retalho, o encerramento de lojas e as liquidações não significam que os consumidores estejam a trocar as paredes pelos cliques. Refletem apenas uma fase de transição que é resultado de um ambiente de retalho sobrelotado e da preferência manifestada por experiências.

Expansão impulsiona H&M

Numa estratégia alavancada pela expansão em novos mercados – que teve reflexo no incremento das vendas e dos lucros no segundo trimestre –, o grupo sueco Hennes & Mauritz avançou esta semana que pretende continuar a investir e a desenvolver os seus negócios com foco no digital.

Ciberespaço em mudanças

O embalamento, a aposta no modelo direto ao consumidor ou o boom dos marketplaces serão alguns dos motores de crescimento do comércio eletrónico nos próximos anos, pelo menos de acordo com as conclusões da Internet Retail Conference & Exhibition 2017, realizada anualmente durante o mês de junho, em Chicago.

Eleições britânicas agravam incerteza

A incerteza causada pelos resultados das eleições no Reino Unido ameaça o retalho mais do que qualquer medida política, acreditam os analistas, que destacam a desvalorização da libra, a instabilidade governamental e a queda de confiança dos consumidores como fatores que poderão prejudicar a evolução das vendas.

Retalho britânico derrapa

No início deste mês, a Marks & Spencer, a maior retalhista de vestuário do Reino Unido, anunciou uma queda de 5,8% nas vendas no trimestre que incluiu o Natal, levando o CEO Marc Bolland a pedir demissão. A Next, que ocupa o 2.º lugar no ranking, também desiludiu. As vendas cresceram 0,6% nos dois meses até 24 de dezembro, falhando as estimativas de 5%.

Mais vistas