Tendências

Início Notícias Tendências

Homens atacam Londres

A temporada de desfiles de pronto-a-vestir masculino dedicados ao outono-inverno 2017/2018 arrancou em Londres a 6 de janeiro e o calendário da capital britânica já permitiu alinhar as primeiras tendências da estação: silhuetas oversized, cores vibrantes, inspiração militar e memórias da década de 1990.

Omnicanal é a chave de 2017

As vendas no retalho dos EUA, excluindo automóveis e gasolina, deverão crescer entre 3% a 4% em 2017, segundo um relatório divulgado pela Fitch Ratings. Mais de metade desse aumento ocorrerá online, enquanto a expansão das lojas estará limitada a 1%.

Os dados não enganam

A empresa de tecnologia e análise de retalho Edited reuniu dados dos últimos 12 meses para encontrar os artigos de moda mais vendidos para mulher, homem e criança nos EUA e no Reino Unido, em retalhistas com presença online. Os casacos bomber, os ombros à mostra e os jumpsuits constam na lista dos vencedores.

Consumidor ao centro

Em determinados aspetos, os clientes não são difíceis de entender. Querem ser ouvidos e respeitados, por exemplo. Mas o que preferem e fazem é, em grande medida, dinâmico, deixando as empresas a braços com exercícios de previsão para descobrirem a melhor forma de os acompanhar na mudança.

Americanos rendidos ao online

Oito em cada dez americanos fazem compras online, segundo o mais recente estudo do Pew Research Center – o equivalente a 79% dos consumidores americanos, contra apenas 22% em 2000.

Um Natal digital

Em 2016, os retalhistas online esforçaram-se por encontrar alternativas que fizessem com os consumidores abrissem os cordões à bolsa. A Inteligência Artificial (IA) deu uma grande ajuda e, neste Natal, as compras estão a ser orientadas pelas máquinas inteligentes.

Encontro de gerações

Com a geração Z a dar entrada no mercado de trabalho em força em 2017, as mudanças serão substanciais, até porque, de acordo com os analistas, esta é uma geração que recupera muitos dos traços distintivos da geração X e se afasta dos seus antecessores mais próximos, os millennials.

Athleisure é tendência do ano

Recentemente coroado “tendência do ano” de 2016, o termo athleisure deu inclusivamente entrada no dicionário, sendo definido pelo Merriam-Webster como “vestuário casual desenhado para ser usado tanto para fazer exercício como para uso geral”.

O calendário azul de 2017

Nomes como Gap, LVMH, Levi Strauss, Citizens of Humanity e VF Corporation estão a liderar uma espécie de renascimento do denim. Considerando que o tecido intemporal esteve em alta rotação ao longo do corrente ano, impõe-se que outras marcas e retalhistas estejam atentas às tendências-chave para 2017.

A primavera dos tecidos

Os clássicos de sempre, onde se incluem algodão, lã, denim, malhas, seda e materiais sintéticos marcam presença nas coleções para a próxima primavera-verão. Mas a estação quente de 2017 faz-se também com matérias-primas diferentes, dos leves tules aos pesados vinis, peles e até pelos.

Mais vistas