Feiras tomam medidas contra Covid-19

O coronavírus veio mudar o início do ano, sobretudo no que diz respeito aos eventos internacionais da indústria da moda. As organizações de feiras, como a Messe Frankfurt e a Messe Munich, têm procurado mitigar a preocupação e manter, o mais possível, a normalidade nos seus certames, com medidas extraordinárias.

Olmac a um passo do Canadá

Anteriormente conhecida enquanto produtora de pijamas, a Olmac já veste o casaco para sair à rua. Depois de enveredar pela área do vestuário técnico, correu a Europa toda e instalou-se no mercado internacional, até chegar aos EUA. O próximo destino está à distância de um passo até ao Canadá.
Desde o desconforto térmico ao ruído, agentes químicos e esforço físico, os bombeiros estão sujeitos a numerosos riscos laborais. Um novo fato de proteção ajuda a garantir-lhes uma maior segurança, emitindo um sinal sonoro quando a temperatura atinge os 60ºC.

Revista de Imprensa

Vídeo do dia

LES PORTUGAIS

video

Breves

Beppi desliza em oitava de sucesso

Com a aposta crescente no mercado da América Latina e no segmento infantil, a marca de calçado portuguesa registou um crescimento de 6% no volume de negócios do ano passado, que atingiu aproximadamente 10 milhões de euros. Para a Beppi, «2019 foi o melhor ano dos últimos oito».
Apesar do ritmo acelerado de crescimento registado ao longo dos últimos anos, a Smart Inovation não está pronta para abrandar. As expectativas para 2020 passam por chegar aos 30%, apoiando-se numa aposta na comunicação e no rebranding de um dos seus produtos mais procurados: o (novo) Si Bac-Pure.

Janeiro contraria época promocional

O Natal dá início a um forte período de liquidação de stock, acompanhado por uma redução dos preços que se arrasta até fevereiro. Contudo, o primeiro mês de 2020 parece ter contrariado a tendência, com uma subida de 0,7%, dos preços do vestuário no retalho, onde o segmento para mulher foi exceção.

O lado rebelde da Alda Têxteis

Seguir as tendências não é suficiente para a Alda Têxteis. Além das fibras naturais que se enquadram na recente onda de sustentabilidade transversal a toda a indústria, a produtora de têxteis-lar voltou à puberdade, com a marca «rebelde» Fat Pig, dirigida a um público mais jovem.
Depois de um investimento em maquinaria que duplicou a sua capacidade de produção, a Piubelle já está de pés bem assentes na terra. Agora o objetivo é voltar a crescer, aumentando o volume de negócios com os clientes atuais para 25 milhões de euros até ao final de 2020.

Mais Notícias

compete-2020-feder