Oliv Vilo: camisas que caem da oliveira

Herdado de um apelido e embebido em simbologia, o nome da marca de camisaria 100% nacional está pronto a ser apresentado ao mercado europeu. Já à venda no portal de comércio eletrónico próprio, a Oliv Vilo tem nos padrões a sua carta de recomendação.

Guia das empresas

A gestão da informação é hoje crucial para as empresas da ITV, constituindo uma mais-valia indispensável para a sua competitividade global. Os serviços de consultoria neste âmbito são, por isso, cada vez mais procurados e o “Guia das empresas” é o meio certo para informar a fileira moda da sua oferta nesta área.
Em 2017, a expressão apocalipse do retalho entrou oficialmente no léxico dos empresários, tendo inclusivamente uma explanação na Wikipédia. Apesar de muitas lojas terem fechado portas – cerca de 6.700 –, aproximadamente 3.000 foram inauguradas. A morte anunciada é, apenas, uma nova vida.

Revista de Imprensa

Vídeo do dia

LES PORTUGAIS

video

Breves

Guess leva inverno à Avenida

A marca de casualwear acaba de apresentar, na loja da Avenida da Liberdade em Lisboa, a coleção Marciano Los Angeles para a estação fria. Entretanto, também já o Natal está a ser preparado pela Guess, que tem registado sucessivos trimestres de crescimento.
Muitas prometem alternativas à moda rápida, outras estão com atrativas promoções, a maioria não tem filas no check-out e, além das compras, oferece uma experiência. Lojas multimarca, plataformas online ou espaços de vendas em nome individual – neste Natal, a lista de presentes pode ser 100% portuguesa.

Por e para onde vai o consumidor chinês?

Em 2018, os analistas preveem que os consumidores do Império do Meio adotem a inteligência artificial, procurem vias alternativas para lidar com o stress social, redescubram a medicina tradicional chinesa e se destaquem pelo individualismo e pela lealdade a marcas “amigas” de dispositivos móveis.

Balanço positivo para o calçado

No seminário “Avaliação do Projeto de Promoção Externa” realizado ontem, sob a chancela da Apiccaps em parceria com a Aicep, foram colocadas em evidência questões relacionadas com a análise e evolução do sector, apoios à internacionalização e o plano de ação para 2018.
A marca francesa que tem o leme artístico nas mãos do português Felipe Oliveira Baptista tem vindo a agitar as águas da moda, num esforço para se reposicionar no mercado, adaptar-se a uma paisagem de retalho em constante mutação e apelar ao guarda-roupa dos millennials.

Mais Notícias

compete-2020-feder