Início Notícias Tendências

10 tendências fundamentais para a geração Z

O meio ambiente, a inclusão e a igualdade são conceitos cada vez mais importantes para os consumidores da geração Z, que priorizam a individualidade à similaridade. Com «enorme influência e poder de compra», os nativos desta geração entram agora numa fase de moda nostálgica, que será um desafio paro o sector que vive de tendências, revela o novo estudo da Edited.

[©Louis Vuitton]

A indústria da moda tem-se moldado às visões progressistas dos consumidores pertencentes à primeira geração digitalmente nativa, mas este grupo está a reescrever a forma como as pessoas se vestem. Um relatório recente da empresa de análise de retalho Edited conclui isso mesmo, apontando as 10 tendências a ter conta para a geração Z, revela o Sourcing Journal.

Wide-leg jeans

Wide-leg jeans [©Levi’s]
O fim dos skinny jeans tem alimentado a internet nos últimos meses, mas o golpe final veio quando o presidente e CEO da Levi Strauss & Co, Chip Bergh, afirmou que o segmento global de jeanswear está a sair da fase de longas décadas de calças justas para entrar numa com cortes mais largos. Segundo a Edited, os jeans largos têm sido apelativos tanto para rapazes como para raparigas adolescentes e ainda que as novidades para este tipo de jeans estejam sempre a surgir, os dados da empresa mostram que os compradores preferem lavagens mais claras, com espaço ainda para a introdução de cores inovadoras. Prova disso foram as wide-leg jeans da Zara em rosa chiclete.

Sapatilhas de cor

As épocas moldadas pela incerteza económica trazem tradicionalmente uma abordagem de volta aos básicos para as tendências. Daí a ascensão das sapatilhas brancas Stan Smith da Adida no pós-Grande Recessão. Porém, este pressuposto não se aplica à geração Z, que continua a preferir sapatilhas coloridas como desvendam as passerelles.

Sapatilhas de cor [©Nike]
Os clássicos Jordan da Nike estão a sair vencedores da tendência colorida, visto que estão disponíveis em várias tonalidades e conjugações cores e são muito populares no mundo dos influenciadores digitais e das celebridades, podendo também ser encontrados no mercado de revenda.

Tons de verde

O verde transformou-se numa cor básica para os consumidores da geração Z, sobretudo o verde pastel, que conquistou pelo efeito calmante assim como pelas raízes terrosas.  Os tons mais intensos de verde, como o lima, permitem a estes nativos experimentarem novas tonalidades e ainda fazerem conjugações «felizes», indica a Edited.

Estampados abstratos

Tons de verde [©Instagram/@dior]
Sem medo de se destacar entre a multidão, a geração Z é muito recetiva a estampados abstratos que oferecem uma abordagem «lúdica e divertida» ao vestuário de primavera. Deste tipo de estampados, os tops e os vestidos representam 60% do posicionamento total desta categoria.

Recortes

Os recortes marcaram uma forte presença nas passerelles da estação quente de 2021 e da estação fria de 2021/2022 e a velocidade com que os consumidores adotaram esta tendência demonstra como as semanas de moda virtuais se estão a implementar no sector, sugere a Edited. Os recortes podem ver-se em artigos casuais como jeans, mas os vestidos com recortes representaram mais de 60% das vendas de março e de abril.

Franzidos

Já que o conforto continua a ser importante para os adolescentes mesmo no pós-pandemia, a Edited garante que os detalhes serão a chave para elevar peças simples, motivo pelo qual os franzidos nas peças de roupa serão outra tendência-chave da geração Z. Este detalhe será visto maioritariamente em tops, ainda que possa estar presente em vestidos e no segmento de swimwear.

Sandálias rasas

Slides [©Farfetch]
Mesmo que o desconfinamento gradual albergue a vontade dos consumidores de se arranjarem mais para voltar à vida normal, o conforto está ainda muito presente como uma característica necessária, por isso, as sandálias rasas serão tendência nos próximos tempos.

«Enquanto as formas rasas foram apresentadas em estilos desportivos durante as semanas de moda, as novidades de calçado que chegam às retalhistas mostram os sliders como a subcategoria de sandálias com maior popularidade mensal», refere a Edited.

Slides

Em concordância com a tendência das sandálias rasas, os chinelos slide da Adidas assinados por Kanye West são muito procurados pelo conforto e praticidade, dado que podem ser usados em casa e também com meias.

T-shirts gráficas

«Ao longo dos últimos dois meses, 90% das t-shirts estampadas com melhor desempenho foram categorizadas como gráficas, confirmando que continuam a ser um artigo básico do guarda-roupa dos adolescentes do género masculino», destaca o relatório, salientando a preferência dos consumidores da geração Z por t-shirts gráficas.

Calções de corrida [©JD Sports]
Mensagens otimistas e cortes oversized são fatores que impulsionam as vendas, apesar das cores também serem importantes. As t-shirts brancas e azuis registaram maior procura do que as pretas durante o mesmo período, com tonalidades como verde e o rosa a mostrarem também bom desempenho.

Calções de corrida

Os consumidores da geração Z estão a trocar as calças de fato de treino por calções confortáveis, uma peça perfeita para conjugar com as t-shirts gráficas, segundo a Edited, e uma oportunidade para as retalhistas atualizarem a sua oferta sazonal com cores frescas como o verde, laranja e lilás.