Início Arquivo

15 soluções para a ITV

Seleccionar 15 projectos entre as largas dezenas realizadas pelo Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil, pelo Algoritmi e pelo Citepe, todos centros de I&D da Universidade do Minho, deve ter tido contornos de missão impossível. Mas, em vez de nos transportar para uma guerra das estrelas, acaba por ser um inesquecível regresso ao futuro.

Com efeito, esta panóplia de inovações tem a primeira qualidade de abranger toda a fileira têxtil, desde as fibras até ao vestuário, sem esquecer o calçado. Depois, inclui tecnologias, processos e produtos. Em seguida, abarca outros sectores como a medicina (11), os transportes (14) e a construção civil (15) – as áreas em destaque nesta edição da Techtextil (Medtech, Mobiltech e Buildtech). Por fim, prova que há soluções para a ITV portuguesa para além das salvaguardas.

1. Equipamento Corona

Uma solução patenteada para desenvolver processos e tecnologias avançadas mais limpas para o tratamento em húmido dos materiais. A utilização de tratamentos plasma, como a descarga Corona, permite modificar a superfície das fibras têxteis sem afectar a integridade dos materiais. Vantajoso em operações como a desencolagem, o tratamento alcalino, o branqueamento, a caustificação, a mercerização, o tingimento, a estamparia e os acabamentos.

2. Controlo on-line da regularidade do fio

Um sensor com um sistema de aquisição resultou numa união perfeita para analisar as irregularidades dos fios durante a sua produção nos contínuos de anel. Permite inclusive a detecção da rotura de fios de Lycra em misturas.

3. Mantas têxtil para isolamento térmico

Mais outra patente, que visa conferir funcionalidade aos materiais não-tecidos usados para isolamento térmico através da aplicação de microcápsulas de PCM (materiais de mudança de fase). O inovador processo de fixação das microcápsulas permite manter inalterável a respirabilidade, toque e cair do material.

4. Intelsew

Chegou finalmente a máquina de costura inteligente, permitindo a monitorização e controlo on-line do processo. A solução inclui o desenvolvimento de sistemas inovadores para o ajustamento em tempo real do calcador e para a regulação da tensão do fio.

5. Protecção anti-fogo

Materiais não-tecidos incorporados no vestuário de protecção anti-fogo que optimizam o conforto térmico, criando um micro-clima junto ao corpo, graças a materiais com mudança de fase.

6. Frictorq

Terceira solução patenteada, desta vez para um equipamento que permite medir o coeficiente de fricção dos tecidos, de forma simples e precisa. Quem precisa do Frictorq? Todos aqueles para quem o conforto dos tecidos e vestuário é uma necessidade básica e não apenas uma mais-valia. Incontornável para os acabadores e confeccionadores.

7. Camisa cool

Porque a palavra “fresca” não é de todo suficiente para definir uma peça de vestuário que vai certamente transformar-se num básico do nosso guarda-roupa. Sobretudo agora que a alternância sazonal se resume apenas ao Outono/Verão. Mais uma invenção tornada possível graças aos materiais de mudança de fase microencapsulados.

8. Teste não-destrutivo do couro

Outra solução patenteada – um sistema de varrimento mecânico que determina as duas mais importantes propriedades para este material: a compressibilidade estática ao longo da espessura e as propriedades de tracção para pequenas deformações. Depois, é possível inferir uma infinidade de outras propriedades.

9. Processos enzimáticos

Um conjunto de 5 patentes obtidas graças ao bom comportamento de enzimas como as proteases, lacases e cutinases em operações têxteis como o branqueamento e na modificação de fibras sintéticas.

10. Calçado confortável

Afinal, porque os pés são que nos sustentam, o seu conforto é questão vital, em especial quando o frio aperta.

11. Vestuário hospitalar

O grande número de operações cirúrgicas com problemas de infecções pós-operatórias, tem levado ao desenvolvimento de novos materiais aptos a responder às necessidades dos serviços de cuidado de saúde. Este projecto permitiu identificar e “explorar” as propriedades dos materiais hospitalares descartáveis utilizados nos blocos operatórios, nomeadamente as propriedades de conforto e barreira, bem como conhecer o seu comportamento após esterilização por radiação e envelhecimento.

12. Knit+

Um sistema integrado para o controlo da tricotagem, que permite a detecção, localização e classificação dos defeitos.

13. Com4Wool

Determinação de um método normalizado para medição do conforto dos tecidos finos de lã, com base numa avaliação objectiva (física e mecânica). Definição dos perfis de qualidade deste tipo de material.

14. Textest

Dinamómetro multiaxial para materiais 2D, nomeadamente para tecidos e não-tecidos destinados ao sector autonóvel. A tensão, a fadiga e a compressão são as propriedades avaliadas. Mais uma patente.

15. Estruturas têxteis avançadas

Estruturas especiais para aplicações especiais. Aplicação de fibras têxteis como reforço em materiais compósitos para tubagens industriais, capacetes de protecção e construção civil.