Início Notícias Moda

21 sombras de rosa

Maria Kobrock respondeu à chamada do espaço Bloom com a coleção “Inhabited narrative”, deixando notas de rosa e apontamentos para o futuro. Comprometida com a sua formação académica, a jovem designer luso-alemã apresentou as propostas para a próxima estação fria no calendário do Portugal Fashion, mas no final do desfile falava já sobre um concurso na China.

«A coleção faz parte de uma trilogia, já fiz uma coleção toda em azul, esta é em rosa. A inspiração é a trilogia do Yves Klein e os “Joiners” [colagens fotográficas] do David Hockney», explica a designer ao Portugal Têxtil sobre a coleção que se aproxima de uma narrativa contínua, na qual as peças deixam perceber movimento e uma ligação entre si. «É uma espécie de uma colagem através de várias roupas que procura simbolizar a temporalidade da vida na moda», acrescenta sobre a história dos vestidos e saias estruturados que, em jogos de assimetrias, mantiveram uma estética “girly”.

A nível de materiais, foi privilegiada a riqueza de texturas, destacando as malhas e a bombazine. «Tentei usar o máximo de cor-de-rosa possível, tenho 21 tecidos para 21 tons de rosa. Foi o meu máximo!», brincou Maria Kobrock.

A jovem designer passou os últimos três anos na ESMOD Berlin, onde estudou design de moda, e, este ano, voltou a Portugal para fazer um curso intensivo em design de calçado na Escola de Moda Gudi. Depois, conta Maria Kobrock, «a ideia é tirar o mestrado na Antuérpia, na Royal Academy of Fine Arts», mostrando assim que a formação é uma das suas principais apostas para o futuro.

No currículo, a jovem designer cita já experiências no atelier Ayres Bespoke Tailor, no Porto, e no atelier Lidija Kolovrat, em Lisboa, tendo ainda desempenhado funções de assistente no atelier de Katty Xiomara.

Todavia, nos bastidores da 38ª edição do Portugal Fashion, o destaque de Maria Kobrock pendia para a mais recente atualização – a participação na final da 24ª edição do concurso “China International Young Fashion Designers Contest”, em Pequim.

O evento dedicado aos jovens talentos internacionais inaugurou a edição da Mercedes-Benz China Fashion Week para o outono-inverno 2016/2017, a 25 de março, e contou com a presença de 29 participantes oriundos de várias regiões do globo – no total, o certame contabilizou 31 nacionalidades. «Acabei por não ganhar nada, mas fiz bons contactos e fui visitar a China», revelou a designer de 22 anos, já depois do evento, ao Portugal Têxtil.