Início Notícias Moda

40 edições e quatro dias de Portugal Fashion

Depois de acumular milhas nas rotas que o levaram a Nova Iorque, Londres, Milão e Paris, o Portugal Fashion aterra no seu país de origem, entre amanhã e sábado, com novidades na bagagem. Mas logo descola novamente no voo doméstico Lisboa-Porto, para mostrar as coleções outono-inverno 2017/2018 dos designers emergentes e consagrados – sem esquecer que a tripulação do certame será ainda comandada pelos vários desfiles da indústria.

Naquela que é já a sua 40.ª edição, o Portugal Fashion recusa-se a abrandar o ritmo e volta a surpreender com novidades no calendário e na geografia.

Para Adelino Costa Matos, recém-eleito presidente da direção nacional da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), entidade organizadora do evento, «o público especializado e não especializado nacional poderá constatar, nesta edição, o momento particularmente vibrante da moda portuguesa, assistindo a desfiles que juntam criações de autor, linhas comerciais, propostas de jovens designers e coleções de calçado».

Como novidade na geografia surge a Cordoaria Nacional, em Lisboa, edifício da segunda metade do século XVIII que, segundo a organização, apresenta uma «estética e atmosfera que se coadunam com a vontade do Portugal Fashion de encontrar cenários para a sua passerelle em locais carismáticos». A Cordoaria Nacional recebe a coleção de Pedro Pedro, recém-chegado de Milão e a quem cabe a honra de cortar a fita da passerelle já amanhã, quarta-feira, dia 22 de março. Ainda na capital, a primeira noite de desfiles fica garantida com as apresentações de Alexandra Moura, já desvendada na passerelle londrina, da dupla Alves/Gonçalves e da marca TM Collection by Teresa Martins.

Os três dias seguintes (23, 24 e 25 de março) pairam sobre a cidade Invicta. Ao todo, estão previstos 31 desfiles, envolvendo 15 designers, 6 marcas de vestuário, 6 marcas de calçado e 10 jovens designers e 1 marca.

O primeiro dia do programa de desfiles no Porto volta a estar exclusivamente dedicado ao Bloom, plataforma de divulgação e preparação de jovens designers em início de carreira. O alinhamento, de regresso ao Palácio dos CTT, na Baixa, vai revelar as propostas de 10 designers emergentes e uma marca, num total de nove desfiles entre as 14h30 e as 23h00 do dia 23 (quinta-feira), que fecha com as propostas de Inês Torcato. A assinalar no dia dedicado ao talento emergente estão ainda as estreias da marca Amorphous (by Carla Alves) e das designers Mariana Almeida e Nycole. Para o novo coordenador do Bloom, o designer Paulo Cravo, «há que dar condições aos jovens criadores para mostrarem aquilo que os individualiza e que distingue os seus trabalhos. É no início da carreira que os designers devem construir a sua individualidade criativa, sob pena de não se conseguirem afirmar num mundo extremamente competitivo como é o da moda».

Nos dias 24 e 25 (sexta-feira e sábado), o 40.º Portugal Fashion vai revelar as tendências para o outono-inverno 2017/2018 com desfiles de moda de autor, linhas comerciais de pronto-a-vestir e coleções de calçado. Anabela Baldaque, Carlos Gil, Diogo Miranda, Luís Buchinho, Luís Onofre, Miguel Vieira, Nuno Baltazar e Katty Xiomara juntam-se para anunciar a próxima estação fria. Os alumni do Bloom, Estelita Mendonça, Hugo Costa, Carla Pontes e Susana Bettencourt continuarão a dar provas da sua crescente maturidade integrando o calendário principal. Vão ainda ser apresentadas as coleções de pronto-a-vestir de Ana Sousa, Dielmar, Lion of Porches e Pé de Chumbo. O calçado terá, como é apanágio, o seu desfile coletivo, juntando as marcas Ambitious, Dkode, Fly London, JJ Heitor Shoes, J. Reinaldo e Nobrand.

Como novidade no calendário surge o nome da designer Micaela Oliveira, que se estreia numa edição nacional do evento, embora já tenha contado com o apoio do Portugal Fashion num desfile na Mozambique Fashion Week, em dezembro de 2015.

A maioria dos desfiles dos dias 24 e 25 acontece na casa-mãe Alfândega do Porto, exceto o de Katty Xiomara, que decorrerá no Centro Português de Fotografia, e o de Luís Buchinho, que tem lugar no Silo Auto Porto. É também na Alfândega do Porto que, durante os dias 24 e 25, decorre o showroom Brand Up, aberto ao público, permitindo aos visitantes ver e eventualmente comprar peças de designers e marcas nacionais já apresentadas na passerelle do Portugal Fashion.

À margem do evento tem lugar ainda a inauguração, às 11h00 do dia 24 de março, no Centro Português de Fotografia, no Porto, da exposição “Anatomia do Tempo – Memories Revisited – Night, Fashion & Fantasy”, organizada por Katty Xiomara em colaboração com fotógrafos de moda nacionais.

Há ainda a registar eventos de moda paralelos aos desfiles, como a apresentação da nova coleção dos Storytailors no atelier da dupla, em Lisboa, entre as 16h00 e as 20h00 do dia 22. Extracalendário oficial, Júlio Torcato vai ter em permanência na Alfândega do Porto, nos dias 24 e 25, uma instalação com coordenados da sua nova coleção.

O calendário completo dos desfiles pode ser consultado aqui.