Início Notícias Calçado

Portuguese Soul em livro

Os editoriais de moda realizados pela Apiccaps para promover o sector do calçado além-fronteiras foram reunidos em livro. “Portuguese Soul by Apiccaps” foi lançado na passada quinta-feira, no Porto, numa apresentação que juntou empresários, designers, políticos e personalidades conhecidas do mundo da moda.

O Museu da Misericórdia do Porto foi o cenário escolhido para a Apiccaps – Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos apresentar o seu mais recente veículo de promoção do calçado português. O livro reúne alguns dos editoriais de moda produzidos pela associação e publicados em revistas de referência de todo o mundo – como a Dsection Magazine, a Fucsia e a Vogue Accessory, além da revista epónima Portuguese Soul – para promover a imagem das marcas e produtores nacionais desta indústria, que criou mais de 340 marcas na última década, segundo números do Gabinete de Apoio à Promoção da Propriedade Industrial do Centro Tecnológico do Calçado.

J. Reinaldo, Goldmud, Ambitious, Nobrand, Fly London, Hugo Costa, Rufel, Felmini, Luís Onofre, Paulo Brandão, Dkode, Carlos Santos, Eureka, Lemon Jelly e Cubanas são algumas das marcas de calçado e acessórios representadas, sempre acompanhadas pelas criações de vestuário de designers portugueses como Alexandra Moura, Luís Buchinho, Susana Bettencourt, Mafalda Fonseca, Carlos Gil, Filipe Faísca, Nuno Gama, Nuno Baltazar, Ricardo Andrez, Pedro Pedro, Luís Carvalho, Diogo Miranda, Katty Xiomara e Júlio Torcato, entre outros.

«A promoção externa é a principal prioridade para a indústria portuguesa de calçado. Fruto desse investimento continuado, as exportações portuguesas de calçado aumentaram 55% desde 2010 e ascendem agora a 1.900 milhões de euros», afirma a associação no prefácio do livro, acrescentando que «a promoção de uma imagem de excelência do calçado português é fundamental para a afirmação da reputação internacional do sector e tem constituído uma das principais missões da Apiccaps, com intensidade crescente ao longo do tempo e com um forte apoio e reconhecimento das políticas públicas». Quanto aos editoriais de moda, estes «têm constituído um elemento central na viragem da perceção externa da indústria portuguesa de calçado, articulada em torno da marca Portuguese Shoes e do lema “Designed by the Future”», conclui a associação.

Na apresentação do livro, para além dos empresários do sector, como Fortunato Frederico, administrador do grupo Kyaia e presidente da Apiccaps, Joaquim Heitor, administrador da JJ Heitor, e Sérgio Cunha, administrador da Máximo Internacional, que detém a Nobrand, marcaram ainda presença os designers Júlio Torcato, Nuno Baltazar, Luís Buchinho e Luís Carvalho, o presidente da Anivec – Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção, César Araújo, assim como o Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos – que momentos antes tinha visitado o Modtissimo (ver Negócios em alta no Modtissimo) – e o Presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira.