Início Arquivo

A Gap já está em saldos de Primavera

A gigante do vestuário Gap, já está com descontos na sua colecção de Primavera nas lojas Gap e Old Navy, o que alguns vêem como um indicador de que as vendas não estão a responder às expectativas. A Gap enviou um e-mail aos utilizadores da Gap on line registados no site Gap.com, oferecendo um desconto de 20% nas compras de roupa da nova colecção, que totalizem no mínimo 85.9 euros. As roupas da colecção de primavera só estão nas lojas desde 6 de Fevereiro e um outro carregamento é esperado para Março. No site de uma outra cadeia do retalhista americano, a Old Navy, existem cupões com oferta de 10% nas compras de 57 euros, e de 15% em compras no valor de 90 euros. “Isto definitivamente assinala que as coisas não estão a correr da forma como eles esperavam”, adiantou Kindra Hix, uma analista de retalho na Fulcrum Partners. A Gap e outros retalhistas de vestuário viram as suas vendas caírem durante a recessão os Estados Unidos, já que os compradores eram bem mais conscienciosos nas suas compras e acabam por fazer as suas compras nas cadeias de desconto e cortavam um pouco as despesas com vestuário. Oficiais da Gap, empresa sediada em S. Francisco, não estavam disponíveis para comentar a dispersão da promoção. Os cupões são válidos até 3 de Março nas lojas da Old Navy e até 25 de Fevereiro para as lojas da Gap. John Morris, um analista de retalho na Gerard Klauer Mattison & Co, diz que a Gap tem mais 20% de mercadoria à venda este ano em comparação com o ano anterior, de acordo com dados obtidos pela sua empresa. A Gap previa uma perda de três a cinco% no seu quarto trimestre fiscal. O retalhista necessita gerar lucros na primeira metade do ano já que em Junho vencem os 1.49 mil milhões de euros em crédito. As vendas têm sido particularmente fracas nas divisões da Gap e Old Navy. Já nas lojas da Banana Republic a Gap não está a fazer descontos, já que esta cadeia tem ultrapassado as performances das outras unidades em recentes meses. Por exemplo, em Janeiro, as vendas das lojas da Gap abertas há pelo menos um ano desceram 22%, enquanto as lojas da Banana Republic tiveram uma descida de 7%. “Eu não acredito que a Banana esteja melhor”, afirmou Hix, “são só 15% do negócio, por isso é preciso que a Gap e a Old Navy melhorem, antes de se começar a ficar entusiasmado com isso”.