Início Notícias Vestuário

A magia do vestuário português em Las Vegas

Na feira de moda One Magic, que se realiza de 11 a 14 de agosto, os expositores nacionais partem em busca do sonho americano. Portugal estará mesmo em destaque no espaço Sourcing, onde uma dezena de empresas faz parte de uma zona batizada “Focus Country Portugal”, que pretende mostrar o know-how luso.

Dicasi, Calvelex, Clothe Up, Marfel, Teamstyles, Vandoma, Inimigo e Maria by Fifty, apoiadas pelo projeto de internacionalização 100% ModaPortugal, promovido pelo CENIT, e Faria da Costa, Haiiro, Qvinto, Sancar Socks, Scaap e Scoop, com o apoio do From Portugal, o projeto de internacionalização da Associação Selectiva Moda, são as empresas que marcam presença individual nesta edição da feira de moda de Las Vegas.

Rebatizada One Magic por, pela primeira vez, juntar todos os segmentos num mesmo local – o Las Vegas Convention Center –, a feira reúne moda para homem, senhora, criança, calçado e confeção e atrai milhares de compradores não só dos EUA, mas também de outros mercados.

«Esperamos encontrar clientes dos Estados Unidos, mas também do mercado canadiano e sul americano. Temos como principal foco encontrar clientes de segmento médio/alto onde o preço não é uma questão», revela Nuno Costa, diretor-geral da especialista em meias Faria da Costa, em comunicado. Entre a nova coleção que a empresa de Barcelos irá apresentar constam artigos com lã, pensados para as temperaturas mais baixas.

«Em Las Vegas o nosso objetivo é internacionalizar», afirma Suzana Gonçalves, fundadora da Haiiro, uma marca de vestuário e calçado para senhora. «Já vendemos para alguns clientes norte-americanos, mas queremos reforçar a nossa presença. Foi por isso que decidimos participar na feira», explica. A Haiiro estará na Project Womens, uma das áreas da One Magic, com uma nova coleção de verão onde conjuga diferentes materiais, incluindo malhas, tecidos e peles.

Além da presença em stands individuais, o espaço Sourcing dedica especial destaque à presença portuguesa. Nesta edição, 10 empresas portuguesas fazem parte de uma zona denominada Focus Country Portugal, que realça o know-how luso na produção.

Excluindo os países que compõem a União Europeia, os EUA são o principal mercado de destino das exportações portuguesas de vestuário, tendo comprado, em 2018, 114,54 milhões de euros de vestuário fabricado em Portugal. Segundo análise desenvolvida pelo CENIT aos dados do INE, entre 2017 e 2018, as exportações nacionais de vestuário para o mercado americano cresceram mais de 18% e, em relação a 2015, o crescimento acumulado destas exportações atingiu os 44%.