Início Destaques

A nova identidade da Gallery Fashion

Entre os dias 25 e 27 de janeiro, a feira internacional de vestuário regressa à Areal Böhler, em Düsseldorf, com um nome e imagem novos. A Gallery Fashion espera trazer, para o início do ano, o maior crescimento da área Showroom Concept registado até ao momento.

Na estreia em 2020, a feira de moda internacional de Düsseldorf apresenta um novo logótipo: ao “Gallery” acrescentou o “Fashion”, de modo a que o evento seja instantaneamente reconhecível como irmão da Gallery Shoes. «Não é apenas uma questão estilística, mas também uma mensagem clara para o mercado: estes dois eventos estão solidamente estabelecidos e complementam-se perfeitamente», explica Ulrike Kähler, diretora-geral da Igedo Company e diretora de projeto de ambos os formatos.

É com a nova identidade que a Gallery Fashion procura assistir «ao maior crescimento do Showroom Concept», anuncia em comunicado, área dedicada aos expositores que, durante cinco a dez dias, podem apresentar as suas coleções aos retalhistas e estabelecer novos negócios.

Ulrike Kähler

«Na próxima edição, apoiaremos o Showroom Concept com uma palestra específica em cooperação com os principais players do sector», continua Ulrike Kähler. Esta área irá ocupar três corredores, oferecendo a «atmosfera ideal para criar negócios e fazer pedidos – numa localização moderna de estilo industrial, ao lado de expositores e visitantes compatíveis e com um serviço de transporte prático», descreve a feira em comunicado.

«Nesta altura de grande agitação e mudança, estamos a oferecer estabilidade com os nossos conceitos contemporâneos, práticos e eficientes», reforça a diretora.

O coração da feira

Durante os três dias da feira, a plataforma central Alte Schmiedehallen será dividida em três áreas diferentes: Avantgarde, Design & Contemporary, Accessories & Shoes e Evening & Occasion.

O vestuário contemporâneo ocupará a primeira, onde se estrearão marcas como Algo, da Suíça, com uma história que se prolonga por mais de 100 anos, «oferecendo moda de alta qualidade e intemporal», relata o comunicado. Além disso, integrará também a Risk, de Varsóvia, a Yoek com coleções plus-size, a Muse Knitwear de uma empresa de design dinamarquesa, a Thy National Park que oferece malhas sustentáveis, clássicas e duradouras, e a LauriJarvinenStudio, da Finlândia, uma marca minimalista e moderna.

Em Accessories & Shoes, a feira reservou espaço para a estreia da Stars & Stripes, uma marca de cintos e chapéus da Alemanha. Adicionalmente, estarão presentes a Scotch & Soda e a State of Brands, ambas da Holanda, a Adolf Nytra – Anytra, da República Checa, a britânica Dasmarca Hat Company, os chapéus italianos produzidos à mão da Marone, a Rabionek da Polónia, assim como a Kastori, a Bedacht, a Kopka, a Fiebig, a Alfonso d’Este e a Qui Nous, da Alemanha.

A última área destina-se ao vestuário de cerimónia, onde serão expostas novas marcas, ao lado de referências internacionais do sector como Christian Koehlert, Gina Bacconi, Luxuar, Fashion New York e Marselini.

Aumentar os contactos

O Showroom Concept estará aberto durante cinco dias (de 24 a 28 de janeiro), onde «o número de agências e marcas, assim como os próprios portfólios de agências, continuam a crescer», evidencia a feira em comunicado.

As novidades incluem a presença da Ralph Gladen que apresentará cintos artesanais e acessórios de couro, da Mehran Srl com casacos, bem como as marcas italianas de sobretudos Ekoluk e Tavus Milano. Entre aquelas que regressam ao evento estão a 04651, do designer Braun Hamburg, A Trip In A Bag, Brasi & Brasi, Edelle de Edward Copper, Hugenberg, Joana Danciu, Seldom Strickmanufaktur, Le Temps de Cerises, Lottusse 1877 e Shoto.

Também várias agências já confirmaram a sua participação na Gallery Fashion, regressando com novas marcas ao espaço Kaltstahlhalle, como a 22Fashion Agency, a Agency Stefan Kudla – The Last Of The True, a Moderaum Fischer, a Heritage Agents, a Showroom Gabi Heininger, a Modeagentur Mindner e a Die Hinterhofagentur.

O programa inclui ainda a apresentação das tendências de moda para o outono-inverno 2021/2021, pelas vozes da especialista Karolina Landowski, da Fashion Trend Pool, e Alexander Radermacher, diretor de moda da Igedo Company. Ulrike Kähler acredita que «Düsseldorf é a mãe do negócio internacional de moda na Alemanha» e que «conhecer pessoas por contacto direto a cada estação continuará a ser importante no futuro».