Início Arquivo

Adeus a Paris

O criador de moda Josep Font, o único estilista espanhol que desfilava actualmente na Semana de Moda de Alta-Costura em Paris, viu-se obrigado a abandonar, pelo menos por esta edição, a passerelle parisiense devido aos custos elevados que implicam a sua participação neste evento. Font estreou-se nos desfiles na Cidade-Luz em 2008, na sequência de um convite da Federação Francesa de Alta-Costura, que tem a responsabilidade de seleccionar os criadores que desfilam na passerelle dedicada ao segmento da alta-costura em Paris. Uma grande perda para o país de “nuestros hermanos”, que deixa assim de estar representado naquela que é considerada como a semana de moda mais luxuosa a nível internacional e que este ano se começa a 25 de Janeiro, apresentando as colecções para a Primavera/Verão 2010. Com a queda das vendas a afectar o sector de luxo, os vestidos do criador catalão – que podem chegar a custar até 12.0000 euros – não conseguiram alcançar o mesmo volume de vendas de outras estações. Por outro lado, a elaboração das peças que seriam apresentadas em Paris implicam custos de cerca de 120.000 euros, o que segundo o New York Times «se torna um gasto demasiado elevado para um criador que, em nome próprio, detém apenas uma pequena empresa». As peças de Josep Font são comercializadas em 57 lojas multimarcas na Europa e na Ásia, três lojas próprias no seu país de origem e ainda on-line que «acaba por ser a porta de entrada para mercados mais longínquos, que de outra forma seriam inatingíveis», conclui Font.