Início Notícias Marcas

Adidas no espaço

A Virgin Galactic, a nova versão da malograda SpaceShipTwo, – que se desintegrou no ar e causou a morte do copiloto – nasce para reerguer o projeto de turismo espacial do milionário britânico Richard Branson, que já alistou o designer japonês Yohji Yamamoto e respetiva gama Y-3, fruto da parceria com a Adidas, para desenvolver o equipamento exclusivo para as viagens da nave.

O novo projeto da empresa aeroespacial Virgin tem como principal objetivo permitir que o público geral tenha a oportunidade de fazer o impossível: viajar para o espaço, proporcionando experiências oníricas que incluem uma vista deslumbrante do planeta Terra que ainda poucos tiveram a possibilidade de contemplar, bem como a verdadeira gravidade zero durante cerca de quatro minutos e um procedimento de reentrada em Terra semelhante aos que se assistem em filmes de ficção científica.

Os engenheiros e técnicos da Virgin Galactic dedicaram as suas atenções ao hardware da nave, sendo que o equipamento dos respetivos ocupantes foi destacado para um fornecedor imprevisível: a Y-3 de Yohji Yamamoto para a Adidas – a primeira marca desportiva a desempenhar este papel.

Colocar uma marca como a Y-3 no comando revela muito do que será necessário para uma viagem deste calibre e a Adidas tem, aparentemente, algo a dizer sobre o assunto – a marca foi selecionada para providenciar os fatos e as botas – construídos com recurso a tecnologia 3D – para os futuros astronautas, pilotos e tripulação.

«No âmbito do acordo com a Virgin Galactic, a Y-3 será responsável por tudo, desde os fatos de voo para os nossos futuros astronautas e pilotos até ao vestuário usado pelas nossas e equipas de operações e manutenção, bem como a nossa equipa de hospedeiras», pode ler-se num comunicado divulgado pela Virgin Galactic na semana passada. «A Y-3 tem um know-how técnico e uma abordagem de estilo que enfatiza a utilização de materiais avançados, técnicas especiais e especificações que asseguram o fitting, o conforto e a performance», refere ainda o documento.

A Virgin Galactic apresentou os protótipos dos uniformes no deserto Mojave, Califórnia, local onde serão lançadas as futuras viagens espaciais da empresa. O resultado da colaboração é um uniforme em preto total – com apontamentos discretos que remetem para a marca e gama.

A Hypebeast esteve presente na apresentação do equipamento e relata que este se aproxima mais de um fato de mergulho do que dos tradicionais uniformes aeroespaciais.

Para os pilotos, os equipamentos são feitos por medida, para conseguir o melhor ajuste possível. O fato também apresenta diferentes detalhes, como o estampado Adidas l Y-3, ou a gravação Y-3 no fecho, assim como três tiras de velcro que de imediato remetem para o logótipo da marca desportiva.

As botas foram fabricadas a partir de uma mistura de borracha durável e couro com os interiores em Nomex, um material resistente ao fogo usado em equipamentos de automobilismo.

O nome do piloto encontra-se bordado em branco contrastante na lateral do calçado, enquanto o bordado Y-3 se mantém em preto sobre preto. As três riscas da Adidas surgem num material que aparenta ser refletor.

Quando questionado sobre a estética do equipamento, que se distancia tanto em cor dos tradicionais fatos aeroespaciais, Lawrence Midwood, diretor da Y-3, salientou que as peças precisavam de possuir as qualidades de uma figura «heroica», para a qual os passageiros pudessem olhar e confiar.

E, ainda que muitos possam ignorar a simplicidade do vestuário, em comparação com a complexidade do hardware da nave em questão, a ciência que levou ao desenvolvimento deste equipamento deve ser desvalorizada – é difícil imaginar qualquer outra marca que não a Y-3 a ingressar num projeto como este e é muito emocionante tentar adivinhar o que será a viagem espacial, bem como o respetivo equipamento, num futuro muito próximo, analisa a Hypebeast.