Início Notícias Moda

Algarve acolhe debate sobre ensino da moda

A segunda edição do Simpósio do Ensino da Moda e a ITV, agendada para 20 de janeiro, reúne, em Portimão, instituições de ensino e empresários da indústria têxtil e vestuário para debater temas como marketing e marcas de moda, têxteis para interiores, vestuário corporativo e sustentabilidade e economia local.

[©Universidade Lusófona]

De acordo com o comunicado da organização, a cargo da Universidade Lusófona e do ISMAT – Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes, este segundo Simpósio do Ensino da Moda e a ITV, que tem entrada livre, «pretende reforçar o conceito de um espaço de reflexão onde a academia e a indústria do têxtil e vestuário discutem a formação superior em Design de Moda, as competências dos diplomados, as necessidades dos empregadores, os perfis profissionais que o mercado procura, numa sociedade em profunda mudança».

O peso do emprego nesta indústria relativamente ao total da população é, segundo a organização, presidida por Alexandra Cruchinho, professora da Universidade Lusófona, «3,5 vezes maior em Portugal se comparado com o de Itália» e tendo em conta que a pandemia de covid-19 «veio acelerar tendências que já se vinham a notar, nomeadamente um novo perfil de consumidor, a digitalização, a sustentabilidade e a circularidade, a discussão sobre a reindustrialização da Europa e a produção de proximidade (nearshoring)», é «imperativo as empresas, instituições, profissionais e universidades, em conjunto, refletirem e discutirem, por um lado, os perfis e as competências adequadas e, por outro, a atratividade e retenção de talentos pelas empresas, desenvolvendo as melhores soluções de formação superior para as profissões da fileira moda». É esse o objetivo do simpósio “Ensino da Moda e a ITV – Formação de Talentos par a Fileira da Moda”, «dar uma contribuição para esta reflexão e discussão».

[©Universidade Lusófona]
O debate irá prolongar-se ao longo de todo o dia, no Auditório do Teatro Tempo, com a intervenção de representantes de empresas como a TMG Textiles, Mundotêxtil, JF Almeida e Burel Factory, de marcas como a Salsa e Lords & Fools, e de designers como Valentim Quaresma, Nini Andrade Silva e Carlos Gil.

Do lado da academia estão representadas, além da Universidade Lusófona e do ISMAT, a Universidade da Beira Interior, a Universidade do Minho e a Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa e, do universo associativo, a Associação Selectiva Moda, a AEP e a Modalisboa.

O programa completo pode ser consultado no site do ISMAT.