Início Arquivo

Alpargatas deve 516 milhões de euros

A maior empresa de têxteis e vestuário argentina, a Alpargatas, abriu falência após a maior parte dos seus credores se recusarem a negociar a dívida de 516 milhões de euros. As vendas da Alpargatas desceram 64% nos primeiros nove meses do ano para 24 milhões de euros. Em comparação, as perdas líquidas atingiram os 55 milhões de euros, apesar de terem sido menores do que no mesmo período do ano passado, que atingiram os 108 milhões de euros. De acordo com o presidente da empresa Guillermo Gotelli, as dificuldades da Alpargatas deveram-se à queda da moeda do Brasil e à consecutiva oscilação das importações de vestuário e calçado do seu vizinho. A Alpargatas conseguiu no ano passado refinanciar a sua dívida de 561 milhões de euros. Após os empréstimos se terem tornado em participações, o grupo foi maioritariamente possuído pelo World Bank’s IFC (Internactional Finance Corporation) e pelo grupo privado Newbridge. Outros credores recusaram-se a financiar os empréstimos da empresa, apesar de levar a Alpargatas à falência.