Início Arquivo

Amazon.com cada vez melhor

Após várias falsas quedas, oboom doe-tail está realmente a caminho. Para o retalhista da Internet o gigante,Amazon.com, as notícias são cada vez melhores.

 

O retalhista registou resultados bastante optimistas nos relatórios da empresa, e os estudos de mercado mostram que oe-tail está prestes a expandir-se nos próximos anos.

 

Os resultados líquidos daAmazon.compassaram de 2,7 milhões de dólares no ano de 2002 para 73,2 milhões de dólares no quarto trimestre de 2003, tendo os clientes tirado vantagens das ofertas de transporte gratuito e dos baixos preços.

 

O maior retalhista online do mundo também superou as expectativas para as vendas de 2004, depois de ter registado lucros no seu primeiro ano completo – apesar de alguns investidores estarem preocupados com a possibilidade da sua estratégia de redução dos preços, prejudicar os lucros a longo prazo, levando as suas acções a baixarem.

 

A empresa registou lucros líquidos de 35,3 milhões de dólares para o ano completo, ou oito cêntimos por acção, em comparação com perdas líquidas de 149,1 milhões de dólares, ou 39 cêntimos por acção, no ano anterior.

 

Os resultados foram, no entanto, mais baixos do que poderiam ter sido, com a perda de 23 milhões de dólares devido à flutuação do dólar. Sem isso, a empresa poderia ter atingido ganhos de 96,2 milhões de dólares nos três meses referidos.

 

«O nosso compromisso em não cobrar despesas de  envio e em aderir aos baixos preços continuam a ser uma mais-valia para os nossos clientes e para aAmazon.com», referiu Jeff Bezos, fundador da Amazon e director-executivo. 

 

A vendas líquidas nos quarto trimestre aumentaram 36 por cento de 1,43 mil milhões de dólares para 1,95 mil milhões, batendo a projecção da empresa em Outubro de 1,76 mil milhões de dólares para 1,91 mil milhões. A empresa afirmou que as vendas líquidas beneficiaram em 98 milhões de dólares devido às flutuações do nível da moeda estrangeira, em comparação com o mesmo período um ano antes. Sem esse benefício, as vendas deveriam ter crescido 29 por cento, refere o director financeiro Tom Szkutak.

 

Para o ano completo, as vendas líquidas aumentaram 34 por cento de 3,93 milhões de dólares para 5,26 mil milhões, com as mudanças dos níveis da moeda estrangeira a registarem 232 milhões de dólares de aumento.

 

Entretanto, aBluefly vai colocar à disposição dos consumidores habituais daAmazon.comcentenas de artigos de vestuário de marca e produtos de luxo para casa. De acordo com as declarações do director executivo da empresa, «aAmazon.com tem mais de 37 milhões de clientes activos mundialmente, sendo que muitos destes clientes nunca tiveram qualquer contacto anterior com aBluefly».

AAmazon.com foi lançada em Novembro de 2002 e oferece a nível de vestuário e acessórios mais de 1.500 marcas, contando também com as opiniões dos clientes e outras informações.