Início Destaques

Ambiente abre as portas ao talento

Cerca de 4.800 expositores internacionais, entre os quais 79 portugueses, têm presença confirmada na próxima Ambiente, que se realiza de 12 a 16 de fevereiro, numa edição da feira de decoração onde os novos talentos estão em evidência, juntamente com Itália, que é o país convidado.

Empenhada em manter os olhos postos no futuro, a próxima edição da Ambiente volta a dar um lugar de destaque aos novos negócios e aos talentos emergentes na área da decoração. Na plataforma dedicada aos jovens designers “Talents” estarão 31 projetos selecionados, entre os quais o português Entrelaçadas, que usa exclusivamente restos da indústria têxtil portuguesa para criar artigos de decoração feitos à mão, como tapetes.

«Ao contrário dos produtores já estabelecidos, os jovens designers trabalham sem muitas restrições e desfrutam de uma liberdade genuína para testar novos terrenos», afirma Nicolette Naumann, vice-presidente da Ambiente.

Ainda no campo dos novos talentos, a feira selecionou 33 pequenas empresas para mostrarem os seus produtos inovadores no espaço “Next”. «Descobrir coisas novas, estar a par das tendências mais recentes, ser capaz de surpreender e despoletar o entusiasmo nos consumidores – visitar uma feira é isso mesmo», justifica Nicolette Nauman, sublinhando que estes projetos selecionados «estão já a ficar conhecidos nos seus próprios países e a dar os próximos passos no mercado internacional connosco».

O talento português nas diversas áreas da casa, da cozinha ao quarto, passando pela sala e pelos artigos de oferta, estará bem representado, com 79 expositores nacionais, incluindo, na área dos têxteis-lar, a B. Sousa Dias & Filhos, Sorema, Teresa Alecrim e Têxteis Íris.

A feira, organizada pela Messe Frankfurt, está ainda a destacar a oferta para o sector da hotelaria, com cerca de 270 expositores especializados em soluções para equipar hotéis, restaurantes e empresas de catering, que estarão identificados com a indicação “Contract Business” ou “Horeca”. Segundo um estudo do Instituto Ifo publicado pela Messe Frankfurt em 2015, o sector de “contract business” na Alemanha está avaliado em cerca de 2 mil milhões de euros, um valor que, de acordo com o estudo, deverá continuar a crescer.

A Ambiente revela ainda as tendências para 2016, onde conceitos como experiência, futurismo, reducionismo e originalidade estão na base de quatro cenários: “artesanal gardening”; “futuristic couture”; “functional simplicity”; e “composing freedom”. As tendências, compiladas pelo gabinete de estilo stilbüro bora.herke.palmisano, são inspiradas pelas mais recentes direções em áreas como o design, a arte, a moda e a arquitetura. «A procura por novas formas de expressão no design leva, por um lado, a tentativas meticulosas, sérias e profundas de abordar as questões e, por outro lado, contudo, dá às pessoas coragem para fazer experiências com formas e materiais», explica Annetta Palmisano, do gabinete de estilo stilbüro bora.herke.palmisano. Os visitantes, que em 2015 ascenderam a cerca de 135 mil profissionais, poderão ficar a conhecer as tendências na Galleria 1.

A não perder, garante a organização, é também a exposição “Dolce Vita”, com curadoria da designer Paola Navone, uma das iniciativas resultantes de ter Itália como o país parceiro desta edição da Ambiente, onde estará o melhor do “made in Italy” em artigos para a casa, incluindo copos, serviços de mesa, decoração, panelas e artigos de cozinha.