Início Destaques

Anivec com um pé na China

Numa primeira iniciativa para dinamizar os laços comerciais entre Portugal e a China, a ANIVEC – Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção esteve em Macau, no Consulado de Portugal, com uma delegação de empresários da indústria de vestuário.

Numa visita preparatória para dinamizar os negócios na China através da plataforma Macau e Hong Kong, César Araújo, presidente da ANIVEC, e um grupo de empresários portugueses foram recebidos a 26 de abril pelo Cônsul-Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, Vítor Sereno. Uma primeira investida que, segundo o presidente da associação do vestuário, se deverá repetir no futuro. «Em breve a ANIVEC irá apresentar novas iniciativas nesta área», revelou César Araújo.

O Cônsul-Geral foi o anfitrião de um almoço à comitiva portuguesa, que teve como objetivo estreitar relações entre ambas as partes. Na comunicação oficial do evento, o consulado publicou que «a ANIVEC/APIV é a maior associação portuguesa de empregadores deste sector. É notória e sintomática a sua dinâmica empresarial, que em muito tem contribuído para a evolução clara das nossas exportações».

Em 2015, as exportações portuguesas de vestuário para a China atingiram 9,7 milhões de euros, um valor que aumentou cerca de 65% face a 2014, ano em que as empresas do sector exportaram 5,9 milhões de euros.

Nos primeiros dois meses do corrente ano, as exportações nacionais de vestuário para o chamado Império do Meio já cresceram cerca de 50% face a igual período do ano passado, para o equivalente a 1,76 milhões de euros. Um valor que, afirmou César Araújo, «pode ser multiplicado. O potencial existe».