Início Notícias Têxtil

Anticovid

O covid-19, com as suas múltiplas variantes, parece ter vindo para ficar. Seja em contexto de pandemia ou até de endemia, a proteção dos cidadãos, em geral, e dos trabalhadores, em particular, torna-se imperativa. Convidámo-lo, por isso, a dar a conhecer as suas soluções específicas para evitar a propagação do novo coronavírus.

O covid-19 mudou o mundo, com elevada probabilidade que esta mudança tenha vindo para ficar. Hoje há, mais do que nunca, o dever de proteger, em especial, os trabalhadores no seu contexto laborar, impondo o uso de equipamentos de proteção individual, independentemente dos riscos que a sua função comporta. A saúde e a segurança dos cidadãos são prioridades absolutas, sendo essencial assegurar que os equipamentos necessários à prevenção e combate do covid-19 cheguem às empresas do sector.

A responsabilidade de proteger os trabalhadores no seu contexto laborar, impondo o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras, fatos, luvas e óculos, ou o uso recorrente de soluções de desinfeção, como o álcool-gel, passou a fazer parte do quotidiano empresarial. De igual forma, um conjunto de novas inovações apareceram como forma de minimizar o impacto da SARS-CoV-2.

O Jornal Têxtil vai, por isso, publicar, na sua edição de março, o suplemento “Anticovid”, uma oportunidade para que as empresas fornecedoras deste género de produtos possam dar a conhecer as suas diferentes soluções e inovações à indústria têxtil e vestuário portuguesa.

Para mais informações, por favor contacte Marisa Guimarães (Jornal Têxtil) através do e-mail [email protected].