Início Notícias Vestuário

Apparel Sourcing recebe reforços

O aumento de quase 40% no número de expositores abre boas perspetivas para a próxima edição da Apparel Sourcing Paris. Com um recorde já garantido no número de empresas presentes, o salão dedicado a soluções de aprovisionamento de vestuário, que se prolonga até 15 de setembro, poderá ainda somar mais visitantes.

Mais de 550 expositores são esperados a partir de hoje na 11.ª edição da Apparel Sourcing Paris, um aumento de 37,5% em comparação com a edição de 2015. Um número recorde para a feira parisiense organizada pela Messe Frankfurt France, que conta com a presença de expositores de novos países e o reforço da sua oferta de pronto-a-vestir para homem, senhora e criança, ocupando uma área superior a 6.000 m2 no centro de exposições Paris Le Bourget.

Sob a égide da CBI – Dutch Centre for Promoting Imports from Developing Countries, o pavilhão da Guatemala estreia-se nesta edição da Apparel Sourcing Paris. O país é uma importante adição ao certame parisiense, segundo a Messe Frankfurt France, uma vez que a sua indústria têxtil e vestuário tem assumido um papel de destaque na economia nacional. Este sector representa atualmente 19% da produção industrial do país, contando com 159 empresas produtoras de vestuário, 250 empresas de acessórios e serviços e 47 empresas têxteis. A indústria está especializada em tecidos de algodão e misturas de algodão e fibras sintéticas, assim como malhas jersey, interlock e rib.

«Em setembro de 2016, o mais recente know-how sul-americano vai ser apresentado através da Guatemala, um país que colocou a indústria têxtil no centro do seu crescimento económico. A Apparel Sourcing Paris propõe soluções efetivas e diversificadas e está a perseguir a sua missão graças à lealdade dos seus expositores, sobretudo do Paquistão, do Bangladesh, da Tunísia e também de Marrocos, que está de regresso», afirma Michael Scherpe, CEO da Messe Frankfurt France.

Vários países reforçaram a sua presença, nomeadamente a China. O país, que mantém a liderança da lista de fornecedores da União Europeia, destaca nesta edição da feira a sua versatilidade, com a oferta de 426 expositores. Da Índia chega igualmente um reforço de expositores (+20% face a setembro de 2015), o mesmo acontecendo com o Vietname, cujos expositores privilegiam habitualmente a edição de setembro da Apparel Sourcing Paris. A nação asiática, aliás, estará em destaque no programa de desfiles e conferências, com um dos eventos dedicados ao tema “Vietname: uma indústria têxtil e vestuário muito competitiva”.

Localizado entre a Apparel Sourcing Paris e a Texworld – a feira de tecidos que se realiza em paralelo –, o conceito Shawls & Scarves mostra as mais recentes coleções de lenços e écharpes, assim como outros acessórios de moda, incluindo suspensórios, bonés, cintos, meias, gravatas e luvas. Nesta edição, o leque de produtos será alargado, passando a incluir, entre outros, chapéus de chuva e carteiras em pele.

O reforço da oferta da Apparel Sourcing Paris deverá contribuir para incrementar igualmente o número de visitantes do certame, que na edição de setembro de 2015 ultrapassou os 17 mil profissionais.