Início Arquivo

Armani visa o ouro nos JO

Irão os italianos ser a equipa olímpica mais bem vestida dos Jogos Olímpicos de Londres 2012? A superioridade na arena da moda pode ser tão difícil quanto ganhar medalhas nas pistas de atletismo, tendo em conta a concorrência de rivais como o designer americano Ralph Lauren e a britânica Stella McCartney, que criaram kits cheios de estilo para as respetivas equipas nacionais. Mas os italianos estão bem posicionados para, pelo menos, concorrerem de igual para igual na busca do ouro da moda neste verão. «A moda representa uma grande bandeira italiana para todo o mundo e é uma ideia bonita combiná-la com o desporto. Esperemos que o desporto seja tão glorioso», afirmou Armani, que parece bem mais jovem do que os seus 77 anos graças a 90 minutos de treino diário no ginásio. Vestido com a sua t-shirt e calças pretas, já uma imagem de marca, e calçado com ténis brancos, o criador italiano apresentou, no seu showroom no centro do bairro de moda de Milão, a sua coleção Olímpica, essencial e quase minimalista, em branco e azul-escuro. A fazer de modelos para as roupas, desenhadas sob a sóbria marca desportiva Emporio Armani EA7, estiveram 15 dos 280 atletas que constituem o contingente olímpico italiano. Entre estes, encontrava-se a esgrimista Valentina Vezzali, cinco vezes medalhada e uma das maiores esperanças italianas para os Jogos deste verão. Os atletas irão usar os fatos desportivos na cerimónia de abertura e em ocasiões formais, mas não para competir. Armani evitou o uso excessivo do branco, vermelho e verde da bandeira italiana, mas mostrou uma costela patriótica ao bordar em dourado as primeiras frases do hino nacional no forro interior dos casacos do uniforme e na parte de trás dos colarinhos dos polos. «Sou muito patriótico. E o que é mais patriótico do que os Jogos Olímpicos?», questionou o designer, que menciona o ténis e a natação como os seus desportos favoritos e patrocina a principal equipa italiana de basquetebol. O decano da moda italiana, conhecido pelo seu estilo clássico elegante, afirmou ainda ter ficado espantado com a disciplina e determinação associadas a atletas de classe mundial. Numa quebra da tradição, Armani escolheu um tom de azul bastante mais escuro do que o azul céu associado com as equipas nacionais italianas, conhecidas localmente como Azzurri (azul claro). A cerimónia de abertura no Estádio Olímpico de Londres terá lugar no dia 27 de julho. «Queremos ser os melhores do mundo no desporto. Definitivamente vamos ser os mais na moda», afirmou Giovanni Petrucci, que lidera o Comité Olímpico de Itália.