Início Arquivo

As melhores entre as melhores

O Luxury Institute revelou, na semana passada, os resultados do seu índice de classificação das marcas de moda do segmento luxo. O relatório “Luxury Brand Satus Index” (LBSI), que identifica as marcas de topo que exibem o “verdadeiro luxo” foram, no topo da moda mundial, votados por consumidores de elevados rendimentos. À pergunta “Que marcas de moda do segmento de luxo oferecem a melhor combinação de qualidade, exclusividade, experiência de compra e prestígio entre os seus pare?”, os consumidores mundiais com maiores recursos financeiros votaram a Ermenegildo Zegna e a Hermès, as melhores entre as melhores das marcas na categoria de homem e senhora, respectivamente. O LBSI questiona os consumidores “mais abastados” do planeta para votarem as melhores marcas de moda de luxo do mundo em quatro componentes que considera terem um peso similar entre si: qualidade superior oferecida de forma consistente, exclusividade e unicidade, experiência de compra excepcional ao longo de todo o contacto com a marca, consumo da marca por pessoas admiradas e respeitadas. Adicionalmente, o estudo questiona os consumidores se a marca é merecedora do pagamento de um Premium de preço adicional e se recomendariam essa marca. Tudo isto acompanhado da respectiva justificação. As “Melhores entre as Melhores” foram, em 2009 (votação de 1 a 10), no segmento de moda masculina a Ermenegildo Zegna (7.89), a Canali (7.81) e a Armani (7.59). Quanto ao género feminino, os três lugares do pódio foram ocupados pela Hermes (7.92), pela Balenciaga (7.84) e pela Prada (7.78). A análise deste ano do LBSI demonstrou que as marcas de moda de luxo melhor posicionadas e com maior solidez no seu valor foram aquelas que, de facto, representam o luxo nas suas diversas vertentes, desde a qualidade de produção ao serviço ao cliente, passando pelo forma como gerem a sua exclusividade. Outra das conclusões do estudo foi a da necessidade que as marcas têm de dialogar permanentemente com os seus clientes e de transmitir essa informação para dentro das suas organizações como forma de gerar maior valor quer para a própria marca, quer para os próprios clientes.