Início Notícias Vestuário

As ruas da Outline Project

A dar agora os primeiros passos, mas já a caminho das ruas, esta marca 100% nacional é inspirada pela estética da arte urbana. Sugerindo coordenados cujo ponto de partida são as t-shirts e sweatshirts, a Outline Project é o primeiro rebento da Burn Outline, startup fundada por Cláudia Teixeira e Carlos Rego.

O projeto apoiado pelo Famalicão Made INcubar – Polo Riopele (protocolo firmado entre o município de Vila Nova de Famalicão e a empresa têxtil inaugurado em julho de 2015), com um volume de investimento de 7.000 euros, conta ainda com a parceria do Citeve desde o arranque.

Como primeira grande investida da startup Burn Outline, a Outline Project posiciona-se como marca de vestuário masculino e feminino e acessórios de moda orientados para um estilo urban e streetwear, através do «design arrojado e com combinações de estampados, sublimados, bordados e padrões retirados de arte urbana», como explica Cláudia Teixeira, responsável pela parte logística e comercial da empresa, ao Portugal Têxtil.

Com aposta na venda em espaços multimarca, a coleção primavera-verão 2017 da Outline Project propõe peças básicas para homem e mulher, nomeadamente, t-shirts, sweatshirts e casacos (com e sem capuz), mas também polos e vestidos, com twists originais desenvolvidos por Carlos Rego, ao leme criativo da marca, – que declamam, inclusivamente, versos de Fernando Pessoa.

Ainda a desenhar a estratégia de negócio e comercialização, a divulgação da Outline Project passará, numa primeira fase, «pela organização de eventos de Street & Urban Art», revela Cláudia Teixeira, sublinhando que «estas iniciativas serão fundamentais para a divulgação da marca».

O «reconhecimento e o crescimento da marca a nível nacional e internacional» são, por isso, as atuais ambições da startup e a persecução desses objetivos passa por conseguir com que a Outline Project seja capaz de «demarcar-se e diferenciar-se dos conceitos e marcas já existentes e implementadas no mercado nacional e internacional».

Para Cláudia Teixeira e Carlos Rego, a arte urbana está, atualmente, em «franco ressurgimento, desenvolvimento, crescimento e expansão», pelo que a Outline Project pode em breve tomar conta dos uniformes das ruas.

À margem das coleções da Outline Project, a startup Burn Outline oferece também serviços de customização de acessórios e peças de vestuário.