Início Arquivo

As saias da Maria

«Gambina’s gotta have it … and so she goes for it, com G de Galp. She’s got to have it foi a primeira longa-metragem de Spike Lee, em 1986. Foi também uma das muitas referências que emergiram nas reuniões onde se discutiu a exposição que agora é dada a ver», conta a comissária Helena Sofia Silva. «Maria Gambina faz roupa para passar mensagens, como quem compõe música. As colagens e sobreposições, os ritmos, os cortes, os tons, os samples gráficos são manipulados num processo que vai sedimentando estratos de informação, citações ou alusões. É sobretudo isso que lhe interessa, o processo. Não-pintora e não-designer gráfica é também não-DJ. Por isso as suas saias são pintura, artes gráficas e música. Escolheram-se as saias porque elas são também uma peça-palimpsesto no seu trabalho, sobre elas tem reinscrito este universo», acrescenta Helena Silva. Esta exposição tem como objectivo mostrar os trabalhos desenvolvidos durante os 18 anos da carreira de Maria Gambina, actualmente coordenadora da Licenciatura em Design de Moda da ESAD, Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos. «São saias estampadas, saias inspiradas na música, saias com elementos streetwear, saias feitas com elásticos… São saias muito ricas, saias com materiais diferentes e muito actuais, são saias com muito ritmo», afirma a designer. Se antes uma música era capaz de inspirar uma colecção inteira, Maria Gambina evita hoje a repetição: «As saias são como uma casa, são construídas com vários elementos e se antes o resultado era muito trabalhado, a tendência é limpá-lo cada vez mais». A exposição decorre em paralelo com um programa alargado de actividades onde se destaca em especial um debate com designers representativos do panorama da moda nacional que partilham alguma da sua história com Maria Gambina, entre os quais Katty Xiomara, João Pedro Filipe, Lara Torres, Luis Buchinho, Nuno Baltazar, Osvaldo Martins, Paulo Cravo, Pedro Pedro e Ricardo Dourado. Todos estes nomes partilharam uma escola e a influência de uma personalidade marcante, Helena de Matos, a quem se pretende igualmente prestar homenagem. A inauguração de “As Saias da Maria” está marcada para sábado, 12 de Novembro, pelas 17 horas, no espaço Quadra, em Matosinhos, e a exposição permanecerá aberta ao público até 21 de Janeiro de 2012.