Início Destaques

As sinergias da Neonyt

A edição de inverno da feira mais verde da Messe Frankfurt está de volta de 19 a 21 de janeiro de 2021. Pela primeira vez, a Neonyt acolherá uma área dedicada ao sourcing, destinada especialmente a fornecedores de tecidos e confecionadores de private label com credenciais ecológicas.

[©Messe Frankfurt]

É com o lema “juntos, aqui e agora” que a capital alemã vai receber mais uma edição da feira de moda sustentável no próximo ano. O evento líder a nível mundial nas áreas de inovação, moda e sustentabilidade está a atender a necessidade da indústria de se reencontrar e colaborar de uma forma mais próxima, explica a organização.

A glocalização e cooperação, mas também a diversidade e digitalização serão os tópicos abordados na Neonyt, que ditam a atualidade no planeta moda.

«Para muitos, a transformação aconteceu praticamente da noite para o dia e deixou claro o quão interligado, mas também frágil, está todo o sistema. Precisamos de mostrar o quanto levamos a sério a sustentabilidade através das nossas ações – aqui e agora», afirma Thimo Schwenzfeier, diretor de exposição da Neonyt.

«A pandemia global de coronavírus expôs uma série de injustiças nas cadeias de aprovisionamento têxtil e, ao mesmo tempo, também iniciou uma discussão internacional sobre igualdade e justiça. Os retalhistas tradicionais foram obrigados a fechar portas aos clientes. As marcas cancelaram pedidos nos países produtores e os trabalhadores foram dispensados ​​de um dia para o outro, sem remuneração ou segurança social. Mas esse não foi o caso da indústria das feiras de moda, onde, sempre que possível, a solidariedade foi demonstrada», acrescenta.

Thimo Schwenzfeier [©Berlin Fashion Week]
Em comunicado, a feira a cargo da Messe Frankfurt destaca a importância da colaboração em tempos de distanciamento social. «Está a acontecer um repensar em toda a indústria têxtil e vestuário, com cada vez mais pessoas a defender a cooperação glocal e a pedirem o fim da competitividade restritiva. Estão a criar-se sinergias entre concorrentes, o que pode ser benéfico para todos», considera Thimo Schwenzfeier.

A sustentar este pressuposto estão Langerchen e Lanius, expositores da Neonyt, que lançaram a iniciativa Fair Fashion Solidarity, para garantir que as empresas evitam recessões nas receitas e podem prosseguir de forma justa com os negócios face à situação de Covid-19. As normas de produção sustentável e a transparência nas cadeias de aprovisionamento podem ser assegurados através de uma «estreita colaboração», sublinha a organização do certame.

Variedade e conceitos reforçados

A última edição de inverno da Neonyt, em janeiro passado, recebeu 210 marcas de moda sustentável, provenientes de 22 países, o que conferiu ao certame um recorde de insígnias amigas do ambiente a apresentar as respetivas coleções. Desde o vestuário casual, urbano, ao denim e aos coordenados empresariais, calçado e acessórios, a variedade de produtos exibidos na feira mais verde da Messe Frankfurt «apela a um público internacional de compradores, retalhistas, representantes da imprensa, influenciadores, designers e profissionais da moda».

[©Messe Frankfurt]
Pela primeira vez, a Neonyt acolherá uma área dedicada ao sourcing, nomeadamente a fornecedores de tecidos comprovadamente ecológicos e a confecionadores de private label amigos do ambiente, já que a crise sanitária reforçou a importância deste conceito ecológico.

Tendo em conta a evolução progressiva da pandemia, a Messe Frankfurt planificou um modelo que inclui normas de higiene específicas, medidas médicas e organizacionais. A higienização das mãos, o distanciamento físico e um bom fornecimento de ar fresco são alguns dos principais aspetos que se encontram no leque de regras adotadas pela organização, em concordância com as autoridades competentes de Berlim.