Início Notícias Tendências

As tendências deste Natal

De acordo com os analistas, a moda deverá dominar as listas de presentes deste Natal, dirigindo metade de todas as vendas, numa temporada de compras que deverá alcançar os 656 mil milhões de dólares (aproximadamente 627 mil milhões de euros).

Nos últimos anos, no sector do calçado, as botas de bico de pato da L.L. Bean têm vindo a dominar o mercado de inverno, com o modelo a esgotar e a assumir-se como objeto de cobiça junto dos amantes de moda e respetivas listas natalícias. Em setembro, o jornal Portland Press Herald adiantava que a empresa estava a aumentar a sua produção de botas em 20% para os 600 mil pares, «na esperança de superar as vendas recorde do ano passado de 500 mil pares».

Apesar de a chamada tendência normcore, a responsável por impulsionar as vendas das botas, ter abrandado, a marca introduziu novas cores para 2016. A estratégia está a ajudar a empresa a refrescar a oferta sem desrespeitar a silhueta confortável da bota que começou por conquistar pescadores e caçadores antes de chegar às massas.

Este Natal, as botas da Bean serão novamente tendência, uma vez que a moda tem vindo a privilegiar o conforto. O calçado confortável, de resto, sempre fez parte das listas de presentes mas, em 2016, há algumas novidades, como a introdução de materiais como o veludo nos pares e uma reinterpretação dos modelos clássicos do outdoor.

No seu questionário de Natal de 2016, a consultora global Deloitte previu que o vestuário vai encabeçar as compras, com uma quota de 50% de todas as prendas oferecidas. Já segundo a National Retail Federation, entre novembro e dezembro os consumidores deverão gastar 655,8 mil milhões de dólares, um aumento de 3,6% comparativamente a 2015.

Por isso, para os retalhistas do sector do calçado, alinhar as ofertas com as tendências certas pode mesmo ditar a sua sorte.

Considerando a necessidade de orientação por parte de alguns retalhistas, o portal Retail Dive solicitou a cinco especialistas que antecipassem quais serão os acessórios, calçado e vestuário mais populares na lista de presentes de Natal dos consumidores norte-americanos.

1 – Valorizar o conforto

Lois Sakany, editora do portal Snobette.com acredita que, este Natal, os consumidores vão procurar calçado confortável, como as botas rasas e robustas da L.L. Bean, capaz de se adaptar ao quotidiano.

2 – Essenciais de qualidade

Heather Picquot, diretora de cultura na Fashion Snoops corrobora a opinião de Sakany, acreditando que uma das tendências mais fortes desta quadra é o conforto/simplicidade. «As pessoas querem essenciais de qualidade, básicos como camisolas de caxemira de marcas como a Everlane e mocassins e mules da Michael Kors, Gucci e Jeffrey Campbell», afirma, destacando ainda a introdução de materiais ricos, como o veludo nos guarda-roupas.

3 – A força do outdoor

Angela Velasquez, analista de retalho e diretora editorial da Rivet and Vamp, defende que o outdoor vai ter particular popularidade nas propostas de calçado. «Também vamos ver botas que se unem com outros estilos de calçado, como os mocassins», acrescenta sobre modelos híbridos.

4 – Os clássicos não saem de moda

Por seu lado, Katie Smith, analista de retalho na Edited destaca o apelo mainstream do modelo de sapatilhas fruto da parceria da cantora Rihanna com a marca desportiva Puma – eleito “Sapato do Ano” pela Footwear News (ver O mundo aos pés de Rihanna).

5 – Formalidade e desporto

Adheer Bahulkar, sócio da consultora A.T. Kearney acredita que a tendência mais forte deste Natal é a que une vestuário formal com calçado desportivo. «Este ano, vamos ver sapatilhas em coordenados elegantes em eventos de Natal formais», antecipa (ver Os senhores que se seguem).