Início Notícias Marcas

Boas férias!

Nos últimos meses, o Portugal Têxtil escreveu nas suas páginas digitais o melhor da indústria têxtil e vestuário nacional, fazendo também manchetes com aquilo que, tecido além-fronteiras, impactou no quotidiano das empresas e marcas portuguesas – do Brexit à eleição de Donald Trump. Agora, para recarregar baterias – a energia solar –, a equipa do portal vai trocar, por alguns dias, a redação pela beira-mar.

Porque as temperaturas assim o exigem, porque a criatividade neste segmento esteve na crista da onda e porque o Portugal Têxtil está prestes a ir de férias, eis os destaques de marcas de swimwear “made in Portugal”.

Das práticas almofadas de praia da Caia aos versáteis encostos da Kupy, passando pelas empreitas algarvias da Companhia das Cestas e pelo fato de banho que promete um bronze uniforme da Coração Bobo (ver Coração Bobo não deixa marcas), o estilo vencedor das férias de 2016 nasceu entre as praias de Caminha a Monte Gordo. A avaliar pelas últimas notícias do Portugal Têxtil, o verão de 2017 não será diferente.

Os biquínis e fatos de banho da Cru Swimwear, marca nascida há pouco mais de um ano, quando a fundadora Catarina Gil, confessa apaixonada pelos ambientes de verão, ainda estudava na Holanda, são de crochet, forrados a Lycra e delineados com elástico, privilegiando o conforto.

Neste momento, a Cru Swimwear tem 13 modelos à escolha da freguesa, todos feitos à mão e inspirados por décadas passadas – com particular enfoque nos anos 1960 e 1970 (ver Swimwear em estado Cru).

João Silva e Jana Garous, por seu turno, uniram esforços para que a Sober & Naked – marca de swimwear amiga do ambiente – conseguisse um lugar ao sol entre as marcas de moda sustentáveis. Primeiro, começaram por conquistar as malas de viagem de consumidoras ecoconscientes em Portugal e, depois, partiram à descoberta do Norte da Europa, EUA e Austrália.

As peças são desenvolvidas num atelier em Lisboa, a partir da reciclagem de resíduos encontrados no oceano, incluindo redes de pesca ou garrafas de plástico (ver Sober & Naked mergulha na onda verde).

Sober&Naked

Já a IM tem como traço distintivo a exclusividade. Apresentadas no verão passado, as coleções de stock limitado da marca de swimwear têm vindo a conquistar os dias compridos de consumidoras além-fronteiras, ainda que a maioria das vendas seja assegurada ao longo da costa portuguesa (ver IM: a identidade do swimwear).

Atualmente, as silhuetas propostas pela IM variam entre os biquínis, triquínis e fatos de banho e há nove modelos disponíveis na coleção primavera-verão 2017, cada um com duas versões.

Apresentado a 6 de maio – numa marcha que tomou conta das ruas de Lisboa, começando pelo Terreiro do Paço –, o exército de biquínis e fatos de banho da Kalaia Swimwear quer conquistar as praias nacionais e internacionais este verão, munido de uma dose extra de irreverência

Há mais anos no mercado, a Priscilla Wear incluiu recentemente na sua oferta peças de activewear, mas o swimwear continuam a ser a sua praia.

Sem descurar um seletivo grupo de clientes em private label, onde se inclui a Baby Lacroix, a Tendências & Pormenores reforçou a sua aposta na marca própria Priscilla Wear, nascida em 2011 e atualmente fragmentada em duas linhas voltadas para o swimwear de homem, senhora e criança – Priscilla e Cat Man.

Águas internacionais

Lá fora, a entrada no verão tem sido, no mínimo, insólita e já está escolhido o swimwear mais bizarro de 2017.

De uma proposta cujo estampado remete para um corpo masculino – e por depilar – a um biquíni com a forma de duas mãos – uma em cada seio –, passando pelas sugestões muito pobres em tecido, o beachwear de 2017 tem surpreendido os especialistas.

Dentro de todas as propostas fora da caixa, o fato de banho “peludo” da Beloved Shirts é o que mais furor tem causado nas redes sociais. O “Sexy Chest One Piece Swimsuit” permite que a cliente escolha entre diferentes tons de pele – todos com a devida camada de pelo.

O regresso do Portugal Têxtil está agendado para dia 28 de agosto, para uma rentrée que promete surpreender.