Início Notícias Retalho

Braga no globo

Uma nova plataforma portuguesa de comércio eletrónico agrega algumas das melhores lojas da cidade de Braga que, através de uma linguagem digital, alcançam agora os quatro cantos do mundo.

Na I Shop Braga a receita é simples: mistura-se moda, decoração, produtos gourmet, entre outros, de 18 lojas, adicionam-se depois reportagens e editoriais de moda, vai tudo para o ciberespaço e o resultado é uma cidade portuguesa entre cliques, que chega a qualquer outra cidade do mundo.

A nova plataforma de comércio eletrónico da “cidade dos arcebispos” foi apresentada no passado dia 15 de fevereiro pela Associação Comercial de Braga (ACB) e procura «levar a montanha a Maomé». «Se o cliente não vem a nossa casa, vamos nós a casa dele», afirmou Rui Marques, diretor da ACB, durante a apresentação.

A I Shop Braga segue as tendências internacionais que conjugam os polos offline e online do comércio, catapultando a tradição com as valências do e-commerce. «Conhecida como a capital do comércio, Braga procura, mais uma vez, inovar e chegar cada vez mais longe. A I Shop Braga resulta, assim, da evolução natural das trocas comerciais – até há pouco tempo realizadas apenas em lojas de rua ou de centros comerciais – para o domínio da Internet», explica ainda a ACB em comunicado.

Rui Marques refere que o projeto «é o resultado da atitude empreendedora de um conjunto de lojas comerciais do centro urbano, de excelente qualidade, que aceitou o desafio da Associação Comercial de Braga para aderir a uma plataforma de comércio eletrónico orientada para os desejos e necessidades do cliente moderno».

O projeto agrega atualmente 18 lojas – que oferecem produtos como vestuário, calçado, acessórios, óculos, decoração, têxteis-lar, produtos gourmet, perfumaria, livros, artigos do Sporting Clube de Braga, etc. – mas o objetivo da ACB é chegar às 50 empresas já em 2018, alavancando as vendas do comércio tradicional bracarense em mais de um milhão de euros.

Para além da comercialização de produtos, a plataforma pretende ainda fomentar o turismo, através de percursos que dão a conhecer os lugares e as pessoas que fazem a cidade.

A plataforma está neste momento disponível em português e em inglês, mas tem como objetivo crescer de forma sustentável e consequentemente abordar outras línguas, novas lojas e comercializar não só produtos mas também serviços.

Fotografar os produtos e verificar encomendas (cancelando-as no caso de suspeita de fraude) são algumas das ofertas do I Shop Braga às empresas associadas à plataforma.

Estas ficam responsáveis por disponibilizar um exemplar de cada produto, praticar as mesmas promoções e preços (online vs. offline) e expedir encomendas (guias, faturas e entrega) até às 11:00 horas do dia seguinte.

A par do portal, o I Shop Braga tem ainda presença ativa nas redes sociais e via aplicação (app).