Início Breves

Breves

  1. Furacões atingem retalho
  2. Asos procura talento emergente
  3. Outono no xadrez
  4. Salsa lança coleção ergonómica
  5. Mango convida à experiência em NY
  6. Luís Onofre dá música ao frio

1Furacões atingem retalho

A consultora First Data analisou, em dois relatórios distintos, a magnitude do impacto dos furacões Harvey e Irma nos gastos dos consumidores norte-americanos. Em todo o estado da Flórida, os gastos caíram, em termos semanais, 55,7% no pico do furacão Irma. «Os nossos dados mostram que os gastos do consumidor em ambas as regiões afetadas seguiram uma trajetória semelhante», afirmou Rishi Chhabra, vice-presidente da First Data. «As despesas cresceram na semana anterior aos furacões, com as pessoas a abastecerem-se de itens-chave como gasolina e mantimentos, e caiu significativamente durante a tempestade». As lojas físicas, bem como o comércio eletrónico, assistiram a uma queda significativa nas vendas. Em Houston, durante a semana do furacão Harvey, as compras online caíram 41,4%. Em comparação, o total de negócios de comércio eletrónico dos EUA caiu apenas 4,3% durante a mesma semana. O mesmo aconteceu com o furacão Irma. Em Miami, a atividade online começou a cair na semana anterior ao Irma, diminuindo significativamente em 39,3% durante a semana do furacão (os gastos online nos EUA cresceram 3,9%).

2Asos procura talento emergente

A retalhista britânica online Asos recuperou o seu prémio Fashion Discovery para uma segunda edição e está à procura de jovens talentos e marcas emergentes do Reino Unido, oferecendo-lhes a oportunidade de levarem a respetivas coleções até aos guarda-roupas de um público global. O vencedor terá a sua coleção à venda na plataforma da Asos e, do design à produção, do retalho ao marketing, os especialistas da Asos serão os seus mentores, ajudando-o a fazer crescer o seu negócio de moda. O vencedor receberá ainda um prémio monetário de 50 mil libras (aproximadamente 57 mil euros) para apoiá-lo durante o programa que tem uma duração de 12 meses.

3Outono no xadrez

Entrou o outono nos calendários e, com ele, chegaram aos guarda-roupas as tendências-chave da estação. Em destaque estão os tecidos e padrões tradicionalmente associados à alfaiataria – masculina, sobretudo – agora trabalhados em silhuetas mais contemporâneas, como as calças palazzo de cintura subida, blazers oversized e vestidos longos e fluidos. O padrão axadrezado é um dos vencedores e a paleta clássica, variando entre o cinzento e o castanho, é a vencedora. Mango e Zara são retalhistas a consultar, com várias peças alinhadas com a tendência que já conquistou as galerias de estilo de rua das semanas de moda internacionais.

4Salsa lança coleção ergonómica

A Salsa acaba de lançar uma coleção-cápsula de jeans masculinos com a tecnologia de conforto Moovexx, desenvolvida pelo laboratório de inovação brasileiro com o mesmo nome, batizada “I-Motion Ergo”. A coleção I-Motion Ergo da Salsa conta com três modelos de jeans ergonómicos para homem nas lavagens azul médio, azul escuro e preto e as peças podem ser encontradas em lojas físicas selecionadas e também na loja online da Salsa. A tecnologia Moovexx é um sistema de movimento autoajustável que inclui uma banda com elásticos interiores invisíveis na cintura para potenciar os movimentos corporais. De acordo com o comunicado da Moovexx, com a tecnologia é possível ter uma flexibilidade de até 6 centímetros na zona da cintura.

5Mango convida à experiência em NY

A Mango reabriu recentemente a sua flagship nos EUA, em Nova Iorque, na 561 Broadway Avenue, uma das principais zonas comerciais da cidade. A loja foi desenhada para se ajustar à personalidade do histórico distrito em que está situada e para estar em harmonia com as raízes industriais do edifício em que se encontra. A decoração de linhas simples, com colunas de ferro forjado, piso de microcimento, elementos de mármore, mobiliário requintado e assentos de veludo, cria um espaço amplo e iluminado de quase 600 metros quadrados que reúne as coleções de homem e senhora. A estas características juntam-se depois outras de natureza tecnológica, como os provadores inteligentes. Mantendo a sua ligação com a cultura, a Mango vai iniciar um projeto artístico através de um expositor sensorial disposto numa zona desenhada especialmente para receber instalações de arte, que se vão revelar ao longo do ano. Guillermo Corominas, diretor de comunicação, antecipa em comunicado que «a loja do SoHo é mais um passo no nosso desejo de criar um espaço diferente, onde a moda, a arte, a cultura e a tecnologia estão juntas. Investigamos e procuramos a inovação nos nossos pontos de venda, para oferecer uma experiência de compra única, dentro de um ambiente acolhedor, e esta flagship ajudar-nos-á a cumprir o nosso objetivo». A Mango, que iniciou o seu percurso nos EUA há mais de dez anos, continua o seu trabalho para implementar a marca no país. Daniel López, vice-presidente da Mango, reconhece que «Nova Iorque é uma cidade vibrante e o SoHo é a localização ideal para acreditar esta nova aproximação ao mercado. Queremos otimizar a nossa posição num dos mercados mais importantes e competitivos do mundo da moda, destacando a nossa capacidade para mostrar as coleções da forma que merecem».

6Luís Onofre dá música ao frio

Foram já reveladas as imagens da campanha de outono-inverno 2017/2018 da marca de calçado, antecipando uma estação fria feminina e romântica. Despojadas e elegantes, as imagens da campanha feminina da coleção “Solid Rock” de Luís Onofre são a moldura perfeita de uma coleção onde todos os excessos se reúnem. «Aproximando o romantismo e opulência da coleção com a intemporalidade clássica do rosto da manequim revelação Maria Clara, cria-se uma sinergia singular que revela na perfeição as propostas do inverno que se avizinha», sublinha a marca. Na coleção, apresentada na passerelle do Portugal Fashion, os destaques vão para os saltos trabalhados com a consistência de uma coluna em pedra. Em metal ou pedras Swarovski Black Diamond, os saltos engrossam e são o suporte de modelos que podem assumir formatos mais bicudos ou arredondados. As botas de montar regressam como um clássico renovado, cujas solas e canos incorporam pedras e metais que se complementam com canelados nas laterais. Correntes, tachas e outros acessórios metálicos surgem replicados dos anos 1970 e desafiam a gravidade. O efeito modelador da Lycra evoca a feminilidade em botins e botas acima do joelho. Nas cores vence o preto e o dark denim, que se suavizam no contraste com tons mais claros como o rosa velho, nude escuro, petróleo claro, o castanho e o mel. Bordados coloridos completam a paleta. Nos materiais a pele de camurça e o croco percorrem a coleção, mas é a novidade de pele genuína com acabamento flock, semelhante a veludo, que chama a atenção.