Início Breves

Breves

  1. Lectra Fashion PLM 4.0 chega à Armor Lux
  2. UMinho galardoada no “Bright Challenge”
  3. Designer Outlet Algarve abre portas
  4. C&A recebe prémio de sustentabilidade
  5. Porto acolhe flaship store de Eugénio Campos
  6. Zippy brinca no Alentejo

1Lectra Fashion PLM 4.0 chega à Armor Lux

A multinacional de origem francesa acaba de anunciar que a ArmorLux implementou o Lectra Fashion PLM 4.0, a mais recente solução de gestão do ciclo de vida do produto da empresa. O Lectra Fashion PLM 4.0 é uma solução abrangente que funciona como um centro nevrálgico para a cadeia de aprovisionamento digital, do planeamento ao design e produção. A solução assegura um fluxo constante de dados entre os diferentes processos da cadeia produtiva, que podem ser consultados e modificados pelos diferentes intervenientes, com uma atualização imediata visível para todos os envolvidos, evitando, assim, erros no processamento de informação. O Lectra Fashion PLM 4.0 liga o CAD, os softwares habitualmente usados pela indústria, como o Adobe Illustrator, os sistemas de informação (como o ERP) e os fornecedores externos, assegurando a integridade da informação. Fundada em 1938 e cliente da Lectra há mais de 25 anos, a Armor Lux é conhecida pela sua oferta em vestuário de homem, senhora e criança inspirada na tradição marítima francesa e na região da Bretanha. A empresa é líder em França no segmento de vestuário corporativo, com clientes como La Poste, SNCF, Carrefour, Eiffage, RATP e o exército francês. A Armor Lux é sinónimo de “made in France” e emprega 550 pessoas. O grupo gere três unidades produtivas e uma rede de 60 lojas próprias ou franchisadas. No gabinete de design de produto da Armor Lux são produzidos 1500 novos modelos por ano. A atual prioridade do grupo é, por isso, aumentar a eficiência, assegurando a integridade dos dados. «Escolhemos Lectra, com quem criámos um relacionamento próximo e confiável ao longo dos anos. O nosso gabinete de design usa o software Lectra e as nossas fábricas usam as soluções de corte automático da Lectra há muito tempo. Agora, o Lectra Fashion PLM 4.0 reforçará a digitalização dos nossos processos. O ADN da Lectra, essencial ao “made in France”, também reflete os nossos valores de qualidade, inovação e ética», afirmou Michel Gueguen, diretor-geral da Armor-Lux. Por seu lado, Karen Elalouf, diretora-geral da Lectra France, revelou que «estamos muito satisfeitos em apoiar este ícone da moda francesa numa nova fase de desenvolvimento digital. Com o Lectra Fashion PLM 4.0, a Armor-Lux beneficiará das vantagens de uma plataforma modular, perfeitamente adaptada às necessidades em evolução dos seus utilizadores».

2UMinho galardoada no “Bright Challenge”

Quatro alunos da Escola de Engenharia da Universidade do Minho foram distinguidos no concurso nacional de gestão de projetos “Bright Challenge – The Project Management Games”, em Lisboa. Andréa Gomes, Elisabete Oliveira, Júlio Magalhães e Paulo Sousa venceram na categoria de gestão de motivação, sendo premiados num sorteio paralelo. Obtiveram ainda certificados de “nível C” da Associação Portuguesa de Gestão de Projetos. O evento acreditado pelo Project Management Institute e organizado pela Bright Partners contou com 20 equipas, nomeadamente da EDP, Efacec, Marinha, Força Aérea, Fidelidade e Jerónimo Martins. O “Bright Challenge” põe à prova equipas de quatro pessoas que, num software de simulação, resolvem desafios de gestão, de monitorização dos indicadores de performance, de aprendizagem e de trabalho sob pressão. O júri avaliou critérios como tempo, custo, qualidade, motivação e gestão de risco. A UMinho esteve representada por estudantes do mestrado em Gestão de Projetos de Engenharia, sob a orientação da professora Anabela Tereso, o qual envolve os departamentos de Produção e Sistemas, Sistemas de Informação e Engenharia Civil. «Na competição demonstrámos estar entre os players de referência na área, que têm elevada experiência no mercado nacional e internacional», referiu a docente, elogiando a entrega e dedicação dos alunos, que assegurou estarem «bem preparados para futuros desafios profissionais».

3Designer Outlet Algarve abre portas

Acontece hoje, 23 de novembro, a cerimónia de inauguração do Designer Outlet Algarve, em Loulé. No decorrer do evento, os visitantes poderão participar num passatempo para ganhar uma semana em Nova Iorque para duas pessoas, um fim de semana na Disney Paris ou ainda duas noites no Hotel Conrad Algarve. As participações poderão ser efetuadas através do website designeroutletalgarve.com ou na página Facebook do Designer Outlet Algarve, até ao dia 6 de janeiro 2018. Em parceria com a Ikea Loulé e o MAR Shopping Algarve, o Designer Outlet Algarve, gerido pela operadora Austríaca ROS Retail Outlet Shopping, é apresentado como «o maior complexo comercial da região Sul», contando com a Ikea Centres e a Mutschler Outlet Holding como investidores. No Designer Outlet Algarve, os visitantes encontram mais de 50 marcas de moda e lifestyle com descontos a partir de 30% e até 70%, durante todo o ano, num espaço que apresenta uma arquitetura inspirada numa típica vila algarvia.

4C&A recebe prémio de sustentabilidade

A Fundação Thomson Reuters reconheceu o trabalho desenvolvido pela C&A para implementar elevados padrões socais na sua cadeia de distribuição. A marca recebeu o prémio Stop Slavery Award da Fundação Thomson Reuters durante a 5.º edição anual da “Trust Conference”, que teve lugar em Londres. A C&A foi galardoada pela sua excelência e integridade ao detetar, prevenir e erradicar o trabalho forçado da sua cadeia de distribuição. A Fundação Thomson Reuters sublinhou que a C&A recebeu o prémio Stop Slavery Award por «ir além dos padrões estabelecidos em todas as categorias». A empresa foi avaliada pelo júri como «exemplar» pela transparência adotada para enfrentar e resolver os problemas encontrados na sua cadeia de distribuição. Destacou-se, ainda, por incorporar medidas anti-escravatura em todo o seu negócio. «Estamos muito orgulhosos pelo reconhecimento do nosso trabalho, mas, simultaneamente, reconhecemos que existe ainda muito por fazer para eliminar definitivamente o trabalhado forçado da cadeia de valor da indústria da moda», afirmou Jeffrey Hogue, diretor global de sustentabilidade da C&A e membro do conselho de administração da Fundação C&A. A retalhista incorporou no Código de Conduta dos seus fornecedores linhas orientadoras acerca do trabalho forçado, assim como diretrizes e protocolos de auditoria. As linhas orientadoras definem padrões para os fornecedores no que respeita a questões legais, práticas laborais, desempenho ambiental e gestão corporativa, e são aplicadas todos os anos em 2.500 fábricas fornecedoras.

5Porto acolhe flaship store de Eugénio Campos

A marca Eugénio Campos inaugurou uma nova boutique localizada no número 141 da rua das Flores, na baixa do Porto. A abertura da primeira flaship store contempla uma das novidades que assinalam os 30 anos da marca. De acordo com o comunicado de imprensa, a Eugénio Campos Jewels descreve o local como um «espaço requintado, onde introduz elementos que alinham pelas mais recentes tendências internacionais. O local perfeito para admirar algumas das coleções mais emblemáticas da marca e sentir-se especial».

6Zippy brinca no Alentejo

A Zippy acaba de abrir ao público a sua loja no Évora Plaza, o primeiro centro comercial do Alentejo. A abertura desta unidade vai permitir a criação de sete novos postos de trabalho e vem reforçar a presença da Zippy em território nacional, onde conta atualmente com mais de 40 lojas. A Zippy no recém-inaugurado Évora Plaza conta com uma área de vendas de 176 metros quadrados, disponibilizando uma vasta gama de produtos para crianças, dos 0 aos 14 anos, que contempla vestuário, calçado, interiores e puericultura. Apostando na introdução de tecnologias e elementos diferenciadores para melhorar a experiência de compra dos clientes, a loja está dotada de um inovador ecrã táctil digital, que permite aceder ao serviço gratuito “In Store Sales”. Este serviço possibilita a qualquer cliente consultar os mais de 4 mil artigos da marca e encomendar comodamente os produtos e tamanhos que não estão disponíveis no momento. Entre os serviços especialmente desenhados para os pais, destacam-se workshops para grávidas, listas de nascimento, sessões de aconselhamento de puericultura e aluguer de bombas de aleitamento. «A estratégia da Zippy passa por um reforço sustentado da sua presença em território nacional, com lojas de Norte a Sul do país, e disponibilizando uma proposta de valor única que tem permitido à marca estar presente em cada vez mais famílias em Portugal», sublinha a marca em comunicado.