Início Breves

Breves

  1. Francesca Giobbi fala sobre automação e desemprego no Porto
  2. Zippy chega à loja 50 em Portugal
  3. Santo Tirso promove têxtil na Europa
  4. Deeply alia sustentabilidade ao Natal
  5. Fashion Awards premeiam designers britânicos
  6. Portuguese Shoes celebra 10 anos a bailar

1Francesca Giobbi fala sobre automação e desemprego no Porto

Esta quinta-feira, pelas 18,30 horas, a designer Francesca Giobbi vai marcar presença no seminário “Automação e Desemprego: Soluções”, a convite da Católica Porto Business School. Francesca Giobbi já trabalhou com marcas como a Versace, a Prada, a Gucci e a Armani, assim como com nomes como Naomi Campbell, Paris Hilton e Penélope Cruz. Com a moda no centro do debate, o objetivo é dar algumas respostas sobre como preparar pessoas e empresas para o desafio da automação. Afinal, poderá a indústria da moda ser um dos maiores exemplos de disrupção a nível local e global? E fará parte de uma economia circular? Serão algumas das questões lançadas para o debate, que será dirigido pela fundadora do movimento Fashion for Better. A participação no evento que decorre na Católica Porto Business School é gratuita, mas está sujeita a inscrição prévia.

2Zippy chega à loja 50 em Portugal

Amanhã, sexta-feira, a marca de moda infantil da Sonae vai chegar à loja número 50 em Portugal, revelou hoje a empresa. Ao longo deste ano, a Sonae investiu mais de 2 milhões de euros em novas aberturas e remodelações de lojas Zippy em Portugal. Em comunicado, o grupo esclarece que a estratégia da Zippy passa por um reforço sustentado da sua presença em território nacional. Com a abertura do novo espaço no CascaiShopping, a insígnia passa a contar com 10 espaços na região da Grande Lisboa. O novo ponto de venda, localizado no piso 1 do centro comercial disponibiliza produtos para crianças, dos 0 aos 14 anos de idade, espalhados por 193 metros quadrados. A loja está ainda dotada de um ecrã táctil digital, que permite aceder ao serviço gratuito “In Store Sales”, que possibilita a consulta de mais de 4 mil artigos da marca e encomendar comodamente os produtos e tamanhos que não estão disponíveis no momento. No âmbito da abertura, a Zippy promove uma campanha especial e, entre 14 a 16 de dezembro, vai oferecer 20% de desconto em talão em toda a loja do CascaiShopping. Além disso, irá brindar aos 100 primeiros clientes com um par de Gloves, que fazem parte de um projeto de solidariedade social da marca para este Natal. Na compra de cada par de luvas, 1 euro é doado à Fundação Make-a-Wish Portugal.

3Santo Tirso promove têxtil na Europa

A Agência Cultural da Comissão Europeia aprovou o projeto Createx, que pretende promover o património têxtil como uma fonte de inspiração para a criação artística contemporânea. O Createx é uma parceria entre o município de Santo Tirso, o Museu do Tecido de Prato (Itália), a Academia de Belas Artes de Łódź (Polónia), o Município de Gironella (Espanha) e a Academia Nórdica de Têxteis (Suécia) e é um dos 29 projetos transnacionais enquadrados no âmbito do Ano Europeu da Herança Cultural. Esta iniciativa da União Europeia tem como objetivo fortalecer o sentimento de pertença a uma Europa comum, em particular no seio dos jovens. No âmbito do projeto, serão desenvolvidos, em Santo Tirso, workshops e residências artísticas, com o objetivo de sensibilizar para a preservação dos arquivos têxteis e para uma reinterpretação criativa do património têxtil. Outra das atividades centrais do projeto refere-se à digitalização de coleções e tecidos têxteis para integrarem o Arquivo Digital, desenvolvido pelo Museu de Tecido de Prato. As coleções produzidas pelos criativos de Santo Tirso participarão na exposição final em Łódź, onde serão apresentados todos os trabalhos desenvolvidos pelos designers e criativos de todo o território de intervenção dos cinco parceiros do projeto. O projeto conta com um orçamento total de 330 mil euros, financiados a 60% por fundos europeus através do programa Europa Criativa, e terminará em fevereiro de 2020.

4Deeply alia sustentabilidade ao Natal

A campanha de Nata da Deeply «apela a uma causa alarmante: o lixo nos oceanos», revela a marca em comunicado. Até 24 de dezembro, o site da Deeply disponibiliza descontos exclusivos, válidos apenas por 24 horas, e em todas as compras a marca oferece uma tote bag. «Numa altura em que a acumulação de plástico no mar e a quantidade de lixo que acaba nos oceanos são alarmantes, a Deeply apela à sensibilização de quem mais convive com o mar e o ecossistema que o envolve», pode ler-se no comunicado. A ligação à natureza é um dos grandes pilares da marca de vestuário desportivo, que acredita que «o surf desperta o melhor que há em cada um de nós», uma vez que está ligado a valores essenciais como preservação da natureza. «Queremos desejar um bom Natal a todos e contribuir para uma causa, ligada aos valores da marca, ajudando a crescer uma comunidade comprometida com a preservação do ambiente», afirma Ricardo Aragão, diretor de marketing da Deeply.

5Fashion Awards premeiam designers britânicos

Os prémios da moda no Reino Unido acabam de provar que não se deve subestimar o poder das celebridades. Na noite de segunda-feira passada, Clare Waight Keller recebeu o prémio de designer do ano de vestuário feminino na cerimónia que decorreu em Londres. A criadora é reconhecida há vários anos no mundo da moda, sendo a atual de diretora artística da Givenchy. Mas foi em maio, no dia em que Meghan Markle subiu ao altar com um vestido da casa de moda francesa, que o nome da designer se espalhou pelo mundo. Na cerimónia, o prémio foi-lhe entregue precisamente pela duquesa de Sussex, num momento muito partilhado nas redes sociais e destacado pelos meios de comunicação da especialidade. Ao longo do evento, mais celebridades foram entregando prémios a grandes nomes da moda e também a designers emergentes. A duquesa de Sussex foi a maior celebridade em palco, mas também Robert Pattinson, Saoirse Ronan, Kate Moss, Rita Ora, Uma Thurman, Steve McQueen, Lana Del Rey, Penélope Cruz, por exemplo, abrilhantaram o evento. Quanto aos prémios, Pierpaolo Piccioli venceu o designer do ano, Craig Green recebeu o título de designer do ano de vestuário masculino, Richard Quinn foi galardoado como designer emergente de vestuário feminino e Samuel Ross recebeu igual prémio para o segmento masculino. A Gucci foi considerada a marca do ano e Kaia Gerber, de 17 anos, foi distinguida como a modelo do ano.

6Portuguese Shoes celebra 10 anos a bailar

A edição de 2019 da campanha Portuguese Shoes celebrará a arte e o movimento, tendo como protagonistas os bailarinos da CNB – Companhia Nacional de Bailado.
Com o objetivo de assinalar uma década de internacionalização, a APICCAPS – Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos escolheu a dança como metáfora de elegância e força. «A evolução recente da nossa indústria permite elevar o calçado português ao estatuto de objeto de arte. Esta é uma campanha substancialmente diferente de todas as outras efetuadas até hoje, mas nem por isso é menos ousada: renovamos a ambição de tornar o calçado português uma grande referência internacional, pelo design, inovação e bom gosto», afirma o presidente da APICCAPS, Luís Onofre. A campanha foi fotografada por Frederico Martins, no Teatro Camões, a casa desta companhia artística. Recorde-se que, com o apoio do programa Compete, a APICCAPS lançou, há 10 anos, a campanha de comunicação Portuguese Shoes que tinha como missão essencial a valorização qualitativa da identidade de um sector que se queria mais internacional e moderno. Desde então, as exportações portuguesas de calçado cresceram 60%, para um máximo histórico de 1965 milhões de euros em 2017. Atualmente, Portugal exporta calçado para 152 países, nos cinco continentes. Além da campanha, a APICCAPS editará um álbum de colecionador, que reúne um resumo das imagens mais icónicas publicadas pela indústria e que teve como protagonistas Sara Sampaio, Maria Clara, Sharam Diniz, Isilda Moreira, Ruben Rua, Luís Borges e, em duas edições, a atriz Victoria Guerra.