Início Arquivo

Bruxelas desiste da obrigatoriedade do “Made in Europe”

De acordo com o divulgado pela Associated Press (AP), a Comissão Europeia planeia descartar os planos existentes para uma etiqueta “Made in Europe” de utilização obrigatória (vernotícia no PT).

A proposta, apresentada pela Itália em 2003, tem por objectivo identificar os produtos europeus e combater assim a contrafacção. No entanto, a etiqueta teve a oposição do Reino Unido, Alemanha e Holanda, que alegaram os custos associados a esta medida, assim como a imagem eventualmente positiva que o país de origem possui.

De acordo com a AP, é referido num documento interno da Comissão Europeia que não existe o apoio suficiente para introduzir a obrigatoriedade da etiqueta, pelo que o documento refere a inutilidade de continuar com este projecto.

Desta forma, a etiquetagem de produtos com o “Made in Europe” vai permanecer opcional, dependendo apenas das vantagens comerciais percepcionadas pelos produtores europeus.