Início Notícias Marcas

Burberry perde quase metade das vendas

As vendas do grupo de moda britânico caíram 45% devido ao confinamento provocado pelo coronavírus e as perspetivas para o segundo trimestre não são positivas.

[©Reuters/Henry Nicholls]

A Burberry não vislumbra o fim da crise provocada pelo novo coronavírus. O grupo britânico afirma que a pandemia continua a reduzir a atividade comercial e a manter os turistas afastados.

Para o segundo trimestre financeiro, que termina em setembro, o grupo espera que «continue sendo impactado materialmente pela pandemia», segundo avança o Financial Times.

«O fluxo de turistas deve permanecer insignificante. As operações de loja continuam a enfrentar ventos contrários significativos, com algumas lojas a manterem-se fechadas e outras a manterem os horários reduzidos», acrescenta a Burberry.

A Burberry, cujo modelo de negócios depende de turistas abastados que visitam as lojas na Europa, afirma que as vendas no Velho Continente caíram 75% face ao ano anterior. Já nos EUA a queda foi de 70%.

Marco Gobbetti, presidente executivo da Burberry, afirma que, apesar da queda das receitas, a resposta do consumidor às últimas coleções tem sido «excelente», principalmente com clientes novos e mais jovens.