Início Notícias Moda

Byou faz moda sem género

A nova coleção da Byou tem a assinatura exclusiva da influencer Mafalda Patrício e conta com coordenados de tons fortes, camisas aos quadrados, cortes direitos pontuados de apontamentos de cor que podem ser usados tanto por mulheres como por homens.

[©Byou]

«Quisemos marcar a nossa parceria, já de longa data, com algumas peças feitas em conjunto. Já é a segunda vez que trabalhamos nesta área juntas e além da amizade que nos une, gostamos muito de explorar o nosso lado criativo, adoramos trabalhar juntas, partilhar ideias e criar peças», afirmam Mafalda Patrício e Patrícia Gouveia, a fundadora da Byou, em comunicado.

Nesta coleção sem género, o conceito criativo está ligado ao lado poético e sonhador de ambas. Os tecidos foram escolhidos em colaboração com algumas fábricas nacionais e toda a coleção, produzida em Portugal, pode ser usada por homens ou mulheres.

[©Byou]
Coordenados com cores fortes, feitos em viscose e poliéster, camisas aos quadrados em 100% algodão e cortes direitos com apontamentos como bolsos fazem parte das propostas resultantes desta parceria.

Com 118 mil seguidores na sua página de Instagram, Mafalda Patrício, que tinha já desenvolvido uma coleção limitada para a Byou em 2018, é uma das digital influencers portuguesas mais mencionadas nos meios de comunicação internacionais, tendo fechado parcerias com marcas como Chanel, Bimba y Lola, Uterqüe, Jimmy Choo, Carolina Herrera, Valentino Beauty, H&M, Gant, Stine Goya e Kule.

A Byou nasceu pela mão de Patrícia Gouveia, que aos 36 anos de idade decidiu mudar de vida. Estimulada por um gosto pessoal e um talento natural para desenhar e criar, recorda os tempos em que costurava com a sua mãe e avó e dá os primeiros passos na área da moda em 2013.

Criou o seu próprio negócio e aperfeiçoou os seus dotes com as costureiras que hoje a ajudam a dar forma às suas criações. Identifica o seu estilo como cool, mas sofisticado, pois reflete a sua forma de estar na vida, descontraída, mas elegante, traduzindo isso em peças de roupa versáteis, que se adaptem a todas as ocasiões.

[©Byou]
A sua inspiração vem do mundo, mas é no seu país, Portugal, que constrói o negócio e onde adquire os materiais e fabrica todas as peças. Cada peça é produzida manualmente e em quantidades limitadas, numa média de 10 a 30 unidades por modelo, que podem personalizadas.  Existe ainda a particularidade de poder criar modelos exclusivos.

«Mais do que uma marca de roupa, a Byou destaca-se pela sua voz inspiradora, não só em questões de sustentabilidade e preservação do planeta, mas também no empoderamento da individualidade de cada um de nós. Conceitualmente, vê as peças de vestuário – comummente associado ao aspeto exterior – como uma extensão do interior. Porque o que vestimos está sempre de acordo com o que somos e sentimos.

Muito fiel à sua estética, tenta sempre fazer a diferença em cada projeto que trabalha, porque acredita que a moda é mais do que vemos e imaginamos», explica a fundadora.