Início Arquivo

CAFTA mais perto de ser uma realidade

O presidente norte-americano, George Bush apelou ao congresso dos EUA para aprovar o CAFTA-DR (Central American – Dominican Republic Free Trade Agreement), acordo de livre comércio assinado entre os EUA e cinco países da América Central: Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua (ver notícia no PT) e República Dominicana.

De acordo com o divulgado pelo Globecot, a aprovação do CAFTA é uma das prioridades da administração Bush em 2005. Segundo este órgão de informação, de forma a evitar as retaliações por parte dos responsáveis da ITV norte-americana com base na eventual influência negativa do CAFTA sobre a indústria, o Governo norte-americano estaria na disposição de contrabalançar a aprovação do acordo com a América Central com a imposição de medidas de salvaguarda sobre as importações com origem na China (ver notícia no PT).

Desde o início do período de negociação do CAFTA, o acordo tem despoletado uma oposição cerrada nos EUA, não apenas pela indústria têxtil, mas também pelos agricultores de beterraba e de cana-de-açúcar, que também estão preocupados com a crescente concorrência por parte da região. No dia 20 de Abril, um grupo de membros do Congresso juntaram-se a representantes da indústria e dos sindicatos em contestação ao CAFTA.

Para além do apoio directo da Casa Branca, o acordo tem ainda o apoio dos importadores de têxteis e de vestuário, onde estão incluídos os principais retalhistas norte-americanos. Este apoio surge na medida em que este acordo poderá originar novas alternativas de importação.