Início Notícias Calçado

Calçado marcha para Düsseldorf

Na 121.ª edição da feira de calçado e acessórios GDS, mais de 800 marcas irão apresentar as coleções para o outono-inverno 2016/2017. Entre 10 e 12 de fevereiro, Düsseldorf será o ponto de encontro para o sector, numa edição que conta com cerca de 45 empresas portuguesas.

«Apesar do clima difícil, conseguimos mais uma vez dar uma visão abrangente do sector do calçado. Esperamos que o máximo de retalhistas possível use esta oportunidade para trocar ideias com os seus fornecedores e também para descobrir novas e entusiasmantes coleções», afirma Matthias Dornscheidt, CEO da Messe Düsseldorf, responsável pela organização da GDS.

Cerca de 45 expositores estarão na feira, prontas a cativar os clientes com coleções arrojadas. É o caso da Nobrand, que a partir do mítico filme Top Gun criou a coleção Top Squad, onde predominam materiais como a camurça. «A nível das cores, o preto, o bordeaux, o azul navy e o castanho são as cores destaque desta coleção, que conta também com acabamentos como “crusts” queimados, camurça lavada e peles laminadas. Depois existe pormenores em peles douradas e pormenores metálicos que nos remetem para o espirito dos aviões», explica ao Portugal Têxtil Manuela Mendonça, diretora-geral da marca. Apesar de ter sentido alguma diminuição no número de compradores nas últimas edições, Manuela Mendonça revela-se confiante para esta edição, «até porque vamos apresentar uma coleção muito atrativa e bastante comercial». Além disso, a feira alemã tem aberto algumas portas nos mercados internacionais. «Ainda na última edição consegui lá um distribuidor para os Países Bálticos», aponta.

Luís Almeida, CEO da Atlanta Mocassin, está também expectante para esta edição da GDS, onde tem já agendadas diversas reuniões para apresentar a coleção para o próximo inverno, com mocassins e sneakers para homem, senhora e criança «compostos por novas cores, peles e solas», indica.

A GDS, que é a primeira feira do sector a cada estação, quer também ser uma referência em termos de informação, com a apresentação das tendências, abrangendo cores, materiais, acabamentos e acessórios, mas também inovações no retalho.

«A informação e as inspirações são a forma perfeita dos retalhistas darem início à nova estação e ao período de encomendas. É exatamente isso que os retalhistas conseguem na GDS: estímulos para reunirem a gama ideal. Estamos muito satisfeitos com os estreantes como a Timberland assim como pelo facto das regressadas G-Star e Lottusse estarem a dar mais destaque ao portefólio de coleções e ao ambiente internacional da GDS com a sua participação. Espero que ainda mais retalhistas usem a nossa oferta abrangente na próxima GDS», afirma Kirstin Deutelmoser, diretora da GDS.

A feira mantém ainda a divulgação através de bloggers conhecidos, para ajudar as marcas a chegar a novos públicos. «Depois dos testemunhos com vasto alcance que tivemos nas últimas três edições, estamos novamente a focar-nos em líderes de opinião online com o objetivo de chegarmos a ainda mais apaixonados por moda através dos canais das redes sociais», acrescenta a diretora da GDS. Nesta edição, são as irmãs Julia e Sylvia Haghjoo – duas bloggers de Hamburgo que, em conjunto têm mais de 100 mil seguidores no Instagram – as responsáveis por fazer a cobertura da feira.