Início Arquivo

Campanha Cool Biz recomeça

O governo do Japão decidiu levar a cabo em Tokyo a iniciativa Cool Biz , que consiste em encorajar os funcionários públicos e privados, a vestirem-se de forma mais leve e casual, de forma a poupar no ar condicionado e, consequentemente, cortar com as emissões excessivas de gases. Esta iniciativa, que teve o seu ponto de partida em Okinawan, pelo primeiro ministro Junichi Korizumi, foi crucial para que os altos governantes japoneses aderissem a ela. Isto porque, apesar da campanha ter tido pouco impacto no consumo colossal de energia no país, a mesma serviu para aumentar as vendas de vestuário em 854,6 milhões de dólares.Isto porque, e particularmente os homens, foram obrigados a comprar roupas mais estivais para o escritório. Durante toda a campanha Cool Biz, as empresas privadas (que aderiram plenamente à iniciativa) e as públicas são levadas a ajustar o seu termostato para 28º C. Deste modo, os fatos e as gravatas podem tirar folga e ficar nos armários dos japoneses, sendo apenas usados em ocasiões especiais e mais formais. Os homens que aderiram à campanha têm optado por um visual bem mais informal, através da combinação de camisas de manga curta, calças frescas e do kariyushi. Porém nem todos ficaram contentes com esta iniciativa, uma vez que as vendas de gravatas diminuíram crucialmente desde o inicio da campanha a 1 de Junho.