Início Arquivo

Carrefour com patrão de luxo

O magnata do luxo, Bernard Arnault, juntamente com os seus parceiros da Colony Capital, tem aproveitado para aumentar a sua posição no Carrefour. A Blue Capital, veículo de investimento gerido em partes iguais por Arnault e pela Colony Capital, estÁ a tirar vantagem da fraca cotação do retalhista para reforçar a sua posição. As acções atingiram recentemente o seu mínimo de cinco anos após a apresentação de resultados que foram catalogados como decepcionantes pelos analistas. A quebra dos resultados deveu-se em grande parte ao panorama sombrio atribuído às perspectivas de consumo francesas. Segundo comunicado da autoridade francesa dos mercados financeiros, a Blue Capital, o maior accionista individual do Carrefour, aumentou a sua participação para os 13,55%, levando a que os direitos de voto da joint-venture atingissem os 12,66%. O comunicado acrescenta que a Blue Capital, apesar da intenção de continuar a reforçar a sua posição, não pretende tomar o controlo da empresa, nem dispor de mais lugares no seu conselho de administração. O veículo de investimento conjunto entre Arnault e a Colony Capital conseguiu recentemente um terceiro cargo no Conselho de Supervisão da empresa. Tendo em vista um controlo mais apertado por parte do patrão da Louis Vuitton, o novo lugar conseguido foi ocupado directamente por Arnault. Uma das suas propostas, a ser votada em final de Julho, foi a da abolição dos dois órgãos de gestão do Carrefour e da constituição de um conselho de direcção único. A nova proposta prevê a exclusão do CEO da empresa, José Luis Duran, do novo órgão. Duran estÁ sobre a mira da Blue Capital que lhe pede que gere maiores retornos dos dispendiosos e valiosos bens imobiliÁrios do retalhista.