Início Arquivo

Catálogo português de calçado considerado pornográfico na Arábia Saudita

O catálogo de promoção da MOCAP 47, a feira internacional de calçado que decorre na próxima semana na EXPONOR, em Matosinhos, foi rotulado de “material pornográfico” e imediatamente apreendido na Arábia Saudita. Em causa estavam as imagens de pernas nuas de mulheres colocadas nas páginas centrais de um catálogo que promovia o sector do calçado português, noticia o Expresso. A campanha internacional da Feira foi concebida pelas equipas de Jorge Lorga, da direcção de Marketing da Associação Portuguesa de Calçado (APICCAPS) e da Lorga Comunicação. O envio de material de promoção para cerca de 11 mil compradores de todo o mundo, incluindo Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, fazia parte integrante da campanha. Isto porque o mercado destes Estados é bastante interessante para a indústria portuguesa de calçado devido à sua dimensão, ao poder de compra e apetência pelo consumo de moda. Na Arábia Saudita, o material enviado para 400 endereços foi apreendido logo na alfândega e, em carta enviada à direcção do ICEP, as autoridades daquele país árabe informaram que a campanha em causa continha material pornográfico. Especialmente visado terá sido o primeiro “mailing”, relativo a um catálogo de 40×40 cm que apresenta a MOCAP como uma “janela aberta para a dinâmica e criativa indústria portuguesa de calçado” e que trazia, nas páginas centrais, a fotografia de umas pernas nuas de mulher, considerada imprópria pelos códigos locais.