Notícias

Início Notícias

Trabalhadores destroem fábrica da H&M

Um grupo de trabalhadores que exigia melhores condições de trabalho destruiu a linha de produção de uma fábrica chinesa fornecedora da retalhista de moda rápida sueca Hennes & Mauritz (H&M), numa das mais violentas disputas laborais em Myanmar.

O exemplo vem da Zara

A menina bonita de Amancio Ortega tem vindo a assustar a Gap, Abercrombie & Fitch, e J. Crew, ao ser destacada como o melhor modelo de negócio no sector do vestuário. Ano após ano, a marca espanhola de fast fashion mostra uma boa matemática, sendo que nos nove meses terminados em outubro, o grupo Inditex viu os lucros crescerem 20%.

«Haverá uma relocalização da produção para a Europa»

Alicia Garcia-Herrera, investigadora do Bruegel, analisa o impacto que o Covid-19 tem na globalização. Para a economista vivem-se tempos de grandes mudanças com a relocalização da produção para a Europa, o que pode ser importante para Portugal e Espanha.

Valérius compra Concreto

A marca portuguesa Concreto passou para as mãos da Valérius, um grupo industrial que tem vindo a crescer e a somar marcas no portefólio. Depois da aquisição da Onara, da criação da Ballentina e, mais recentemente, da compra da marca de calçado Camport, a Concreto é o novo desafio do grupo liderado por José Vilas Boas.

«Gostava de ver este grupo a faturar 200 milhões de euros»

Apologista da verticalização e das parcerias entre os empresários têxteis nacionais, Luís Guimarães, presidente do grupo Polopique, aponta os custos energéticos e os baixos salários como entraves ao crescimento do sector.

Dualidade inspira cores do inverno 2020/2021

Entre a natureza e o digital, as cores para o outono-inverno 2020/2021 conjugam dois mundos aparentemente contraditórios. Amarelos outonais e castanhos fazem parte das tendências apontadas pelo gabinete de tendências WGSN, juntamente com azuis fortes e verdes ousados, que transitam da primavera/verão 2020.

Quanto vai pagar a sua empresa se recorrer ao lay-off simplificado?

Quanto pagam as empresas com o novo regime, as “penalizações” para quem trabalha e os sectores com salários mais baixos são os que fazem o maior sacrífico. Veja o que muda com o novo regime de lay-off.

A revolução da Penteadora

A área de tecidos técnicos da empresa do grupo Paulo de Oliveira vai de vento em popa, com as soluções para bombeiros e forças policiais a garantirem segurança para o futuro.

Voltamos já!

Apesar do ano atípico, que baralhou todos os planos, a equipa do Portugal Têxtil vai tirar alguns dias de férias para recuperar energias e regressar com todas as notícias que importam para a indústria têxtil e vestuário. Até lá, boas férias!

Lameirinho responde em todas as frentes

A empresa de têxteis-lar está a manter a produção para os seus clientes, ao mesmo tempo que reforça as fileiras da indústria têxtil e vestuário no combate ao COVID-19. Nesta luta, a Lameirinho está a fornecer produtos para espaços de acolhimento e hospitais e a desenvolver equipamento de proteção individual.