Marcas

Início Notícias Marcas

A força do online está com a Arsmara

A marca de vestuário foi criada há cerca de sete meses, mas as suas peças totalmente produzidas em Portugal já estão presentes em sete lojas multimarca nacionais. Através de uma forte aposta no canal digital, a Arsmara já chegou igualmente a vários países europeus.

«A marca permite-nos aprender»

Assumindo que lançar marcas com um mercado doméstico tão pequeno não é fácil, Alberto Figueiredo, presidente do grupo Impetus, considera, contudo, que é possível para as empresas serem bem sucedidas nesta área e que a Internet, com as vendas online e as redes sociais, pode abrir portas para novas marcas de Portugal para o mundo.

A marca que veste os chefs portugueses

José Avillez, Henrique Sá Pessoa e Tiago Bonito são alguns dos chefs portugueses vestidos pela Prochef. A especialista em fardamento e acessórios para cozinha, restauração e hotelaria aposta na personalização, inovação e qualidade do produto para chegar aos mais bem-conceituados nomes nacionais dos sectores onde atua.

Laranjinha de alma e coração

Nascida na indústria há mais de 35 anos, a marca de moda infantil impôs-se no mercado e na empresa, que deixou o private label para se dedicar inteiramente à produção e comercialização das coleções próprias.

«É uma mais-valia ter a indústria por detrás da marca»

Criada há 37 anos, a Flor da Moda foi uma das primeiras empresas da indústria de vestuário a assumir uma vertente moda, não só com a marca própria Ana Sousa mas também com a abertura de uma rede de lojas próprias, que em Portugal é, pelo número e conceito, praticamente caso único.

A revolução em três anos da Concreto

Integrada há cerca de três anos na Valérius, a Concreto é hoje uma marca diferente. Matérias-primas nobres e uma visão mais internacional fazem parte da identidade atual da marca, que contribui também para vender os serviços da empresa-mãe.

A Indústria: a marca que é uma segunda pele

Sem estação do ano, uma marca de homens – e de algumas mulheres «seguras do seu estilo». É assim que Denise Lemos, define A Indústria, uma insígnia 100% portuguesa, que acaba de inaugurar um espaço na Embaixada do Príncipe Real, em Lisboa.

O Natal solidário da Laranjinha

O espírito da quadra já contagiou a marca portuguesa de vestuário para criança, que se uniu à Bebés de S. João e criou uma coleção de Natal. Por cada artigo vendido entre os dias 1 e 24 de dezembro, a Laranjinha irá doar cinco euros à associação de apoio à maternidade.

2018: o ano das influencers e dos logótipos

Com o ano a chegar ao fim, a Lyst revelou o seu relatório Year in Fashion, onde divulga quais as marcas mais desejadas, os artigos mais procurados e os maiores influencers das redes sociais em 2018. Os uggly sneakers, a influencer Kylie Jenner e a Gucci são alguns dos nomes em destaque.

O futuro vive num palacete do século XIX

É no nº 193 da Avenida da Liberdade, em Lisboa, que se pode encontrar a nova loja da Massimo Dutti. A marca do grupo Inditex apostou na recuperação de um palacete romântico do século XIX para a nova morada, onde os progressos tecnológicos vivem em harmonia com os elementos de um edifício histórico.

Mais vistas