Muanga na mão

Marcas

Início Notícias Marcas

Linha Foz: alfaiataria do século XXI

De portas abertas desde 2004, no Porto, a Linha Foz é uma alfaiataria que privilegia as sinergias com fornecedores nacionais para prestar um serviço de excelência e 2.0 aos seus clientes – que veste, calça, adorna e ainda perfuma. O negócio já despertou o interesse até do chinês Alibaba.

Mango ataca em todas as frentes

Em 2016, a retalhista espanhola Mango vendeu 2.260 milhões de euros e alcançou um EBITDA de 77 milhões de euros. As vendas online cresceram 25,6%, atingindo os 294 milhões de euros e representando já 13% da faturação total. As linhas Man, Kids e Violeta respondem atualmente por 17,6% do volume de negócios da Mango, que no ano passado inaugurou 24 megastores.

Os audazes do luxo acessível

A Coach e a Michael Kors, casas de moda até agora integradas no designado segmento do luxo acessível, estão a esforçar-se por se assumirem como líderes de mercado e, na opinião dos analistas, podem vir a redefinir a indústria da moda durante o processo.

Boas férias!

Nos últimos meses, o Portugal Têxtil escreveu nas suas páginas digitais o melhor da indústria têxtil e vestuário nacional, fazendo também manchetes com aquilo que, tecido além-fronteiras, impactou no quotidiano das empresas e marcas portuguesas – do Brexit à eleição de Donald Trump. Agora, para recarregar baterias – a energia solar –, a equipa do portal vai trocar, por alguns dias, a redação pela beira-mar.

O +351 está na moda

As chamadas das principais tendências de moda têm sido prontamente atendidas pelas marcas nacionais. Embaladas em berço digital, as novas propostas “made in Portugal” nascem já a falar várias línguas. Ao lado destas estão as sugestões de marcas que já somam décadas no mercado e não negam qualquer desafio, aquém ou além-fronteiras.

Havaianas: passos corruptos

São o porta-bandeira do calçado brasileiro e, por esta altura, item imprescindível em muitas malas de viagem. No entanto, a história da Havaianas passa também pelo caminho sombrio da corrupção.

IM: a identidade do swimwear

A receita é simples e leve – ideal para um dia passado à beira-mar. Juntam-se nove modelos de biquínis, triquínis e fatos de banho, tempera-se com água salgada q.b. e saem stocks limitados prontos para a venda online. Veraneantes na Suíça, Espanha, França e Austrália já provaram e recomendam o swimwear da IM.

Refive quer voar alto

Com as primeiras propostas a chegarem aos pontos de venda apenas em setembro, a Refive está a afirmar-se no mercado de moda. A marca lançada por Rui Silva, ex-administrador da Ricon, tem a ambição de ultrapassar as fronteiras nacionais já com a próxima coleção e Espanha deverá ser o primeiro passo nesta conquista da Europa.

Sober & Naked mergulha na onda verde

João Silva e Jana Garous uniram esforços para que a Sober & Naked – marca portuguesa de swimwear amiga do ambiente – conseguisse um lugar ao sol entre as marcas de moda sustentáveis já este verão. Primeiro, começaram por conquistar as malas de viagem de consumidoras ecoconscientes em Portugal e, depois, partiram à descoberta do Norte da Europa, EUA e Austrália.

Simplicidade conquista geração Z

Segundo os especialistas, a nova geração de consumidores que tem vindo a concentrar as atenções das marcas de luxo e a merecer as mais criativas estratégias dos retalhistas conquista-se com uma ferramenta até aqui pouco usada quer pelas primeiras, quer pelos segundos: a simplicidade.

Mais vistas