Marcas

Início Notícias Marcas

«É uma mais-valia ter a indústria por detrás da marca»

Criada há 37 anos, a Flor da Moda foi uma das primeiras empresas da indústria de vestuário a assumir uma vertente moda, não só com a marca própria Ana Sousa mas também com a abertura de uma rede de lojas próprias, que em Portugal é, pelo número e conceito, praticamente caso único.

A revolução em três anos da Concreto

Integrada há cerca de três anos na Valérius, a Concreto é hoje uma marca diferente. Matérias-primas nobres e uma visão mais internacional fazem parte da identidade atual da marca, que contribui também para vender os serviços da empresa-mãe.

Cotton Brothers: dois irmãos, uma marca

A produtora de vestuário Bugalhós nasceu em 1986. Vinte e oito anos depois, os irmãos Odete Santos e Nuno Mendes decidiram dar uma nova vida ao negócio familiar e criar uma marca de vestuário feminino, que quer duplicar as vendas e chegar aos dois milhões de euros já em 2019.

A voz de homem da ICwear

Embalado num berço têxtil – os pais estão ligados ao sector há mais de 25 anos –, Ivo Carvalho sempre ambicionou criar uma marca própria capaz de responder às exigências de guarda-roupa do homem urbano com gostos requintados. Em 2016, fundou a ICwear, marca 100% made in Portugal, mas que expede para além-fronteiras praticamente desde o nascimento.

«A marca permite-nos aprender»

Assumindo que lançar marcas com um mercado doméstico tão pequeno não é fácil, Alberto Figueiredo, presidente do grupo Impetus, considera, contudo, que é possível para as empresas serem bem sucedidas nesta área e que a Internet, com as vendas online e as redes sociais, pode abrir portas para novas marcas de Portugal para o mundo.

Sonae compra Salsa

A Sonae acaba de concluir um acordo para entrar no capital da Salsa. O negócio, que foi ontem comunicado à CMVM, prevê a aquisição pela Sonae SR de uma quota de 50% da marca de portuguesa de jeanswear, que irá manter, contudo, a equipa de gestão liderada por Filipe Vila Nova.

Inditex e H&M no pódio

Destacando-se como as duas maiores retalhistas de vestuário do mundo, não surpreende que a Inditex e a H&M continuem a superar os seus pares, apresentando cadeias de aprovisionamento líderes de mercado, unidas por especificidades comuns.

O fabuloso destino da Trotinete

Duplicar o volume de negócios, aumentar as exportações e apostar no comércio eletrónico são os três principais objetivos da empresa fundada por Matilde Vasconcelos para os próximos quatro anos.

Josefinas nos pés do mundo

O nome Josefinas foi herdado da avó da fundadora e o modelo nasceu de um particular fascínio pela prática do ballet. Já dançaram com as mais famosas bloggers, calçaram feministas e tiveram passos de honra na #miniconferenceroom do Instagram – rede social da qual são donas e senhoras. De S. João da Madeira para o mundo, as Josefinas enlaçam-se em criatividade e originalidade e são um caso de sucesso que passeia entre o ciberespaço e o asfalto. 

Canada Goose abre as asas

A marca de outerwear popular em todas as cidades frias dos EUA é também uma das favoritas da indústria cinematográfica e já subiu às passerelles, levada pela mão de marcas como Vetements, mas não pretende abrandar o ritmo. Recentemente, a Canada Goose apresentou o seu plano de expansão muito além das fronteiras canadianas.

Mais vistas