Marcas

Início Notícias Marcas

Adidas recupera segundo lugar

Esta semana, a Adidas atingiu um marco importante no seu posicionamento dentro do mercado de vestuário e calçado desportivo: a gigante alemã recuperou a segunda posição no ranking norte-americano, até aqui ocupado pela arquirrival americana Under Armour.

O pódio da rede

A L2, uma empresa americana de benchmarking que desenvolve anualmente relatórios sobre as tendências nas performances das marcas nas diferentes plataformas digitais, revelou recentemente o seu Fashion Index. Este ano, a Burberry ocupou o pódio, ainda que sem surpresa, arrecadando a classificação de “Genius” (génio).

O cientista louco da Levi’s

Antes da chegada de uma nova linha de jeans Levi’s às prateleiras das lojas, Bart Sights e a sua equipa do Eureka Lab dedicam-se afincadamente à conceção das novas criações que irão inspirar consumidores leais em todo o mundo.

Papua, a poliglota

A marca de swimwear nacional Papua nasceu virada para a praia, em 2012, mas não deixa de se inspirar pelas ruas. Apanha banhos de sol com mais de 86 mil seguidores na rede social Facebook e 34 mil no Instagram. É híbrida, vive online e numa morada fixa. Tem um nome caricato, mas de simples leitura e está pronta para a época balnear.

Coração Bobo não deixa marcas

De um reencontro de amigas por terras de Vera Cruz surgiu uma ideia vencedora para a estação: um bronze sem marcas. A Coração Bobo é uma marca 100% nacional que apresenta, para já, quatro versões de um fato de banho que promete um bronzeado uniforme, graças a um material que filtra de forma seletiva os raios UV.

Os titãs da moda – Parte 2

A Zara emerge como um baluarte da fast-fashion mundial, testemunhando um crescimento notável em território americano, devido à sua estrutura de cadeia de aprovisionamento e estratégia de merchandising inovadora, que contrasta com os demais retalhistas de moda tradicionais.

Ecologicamente lucrativo

Uma iniciativa ecológica recentemente implementada em fábricas têxteis chinesas promove a redução do consumo de água, energia e químicos nocivos, garantindo uma poupança anual de 14,7 milhões de dólares em custos operacionais das unidades de fabrico, responsáveis pelo fornecimento a grandes marcas e retalhistas de vestuário.

Blake: unissexo por miúdos

Menino, azul? Menina, rosa? Errado. Nas coleções da Blake estas duas cores ficam fora da paleta. Transportando a tendência agender para o guarda-roupa dos petizes, a marca portuguesa nasceu há um ano, mas já fala várias línguas.

Jovens estrelas marcam pontos

Novos talentos em desportos como o golfe e o basquetebol estão a trazer mais notoriedade e negócio para a Under Armour. A marca americana, que é já a segunda mais vendida nos EUA, está a investir em futuras estrelas em diferentes áreas, que vão do mainstream, como o futebol, ao nicho do ballet.

Indústria mostra a sua raça

No coração do Portugal Fashion desde a sua estreia, em 1995, a indústria e as suas marcas confirmaram um lugar no centro da moda e, pela primeira vez desde março de 2007, voltaram a ter a honra de encerrar uma edição do evento, mostrando que a criatividade pode coabitar na perfeição com a produção em ambiente industrial.

Mais vistas