Marcas

Início Notícias Marcas

Vista Alegre avança para os têxteis

Quatro coleções de porcelana inspiraram as três écharpes e duas mantas que marcam a entrada da marca centenária no universo do Têxtil. A coleção, que segundo a Vista Alegre representa uma «evolução orgânica», usa fibras nobres como caxemira, lã virgem e seda.

FS Baby faz apostas múltiplas

A marca de moda infantil está a diversificar a oferta e, para a primavera-verão do próximo ano, apresentou fatos de banho e acessórios em verga. As máscaras fazem também parte da nova realidade, assim como o reforço do canal digital.

Chegou a Kintsugi

Dois portugueses transformaram a arte centenária japonesa de reparação de cerâmica não apenas numa filosofia de vida mas também numa marca de streetwear, «perfeitamente imperfeita», dizem. A primeira coleção é composta por hoodies, t-shirts e bonés.

Fast Retailing entra no Dow Jones Sustainability Indices

A Adidas perdeu o seu lugar no Dow Jones Sustainability Indices depois de 20 anos consecutivos a aparecer na lista. Já a japonesa Fast Retailing, detentora da cadeia de moda Uniqlo, ganhou um bilhete de entrada na edição deste ano, na categoria de retalho.

Criança resiste e até cresce

Com exceção da moda de cerimónia, as empresas que se dedicam a vestir os mais pequenos parecem ter conseguido aguentar melhor o embate da pandemia, em parte graças às marcas próprias e à aposta online.

Marcas investem em fibras biológicas regeneradas

Cinco das principais marcas de moda a nível global estão a reforçar a sua aposta na sustentabilidade ambiental através de uma parceria com uma biotecnológica que afirma que se pode transformar têxteis descartados em fibras regeneradas de origem biológica. Tudo isto sem descurar a qualidade do material original.

Burberry dá reviravolta com tecnologia e ecologia

O grupo de moda britânico tem vindo a reforçar a aposta na sustentabilidade ambiental. Aliado a este conceito, a tecnologia é também uma das mais-valias da marca, que está a utilizar um novo software para acelerar e simplificar o processo de estamparia no vestuário.

A nostalgia da Grace Baby&Child

A marca para bebé e criança, que se caracteriza pelo conforto e pelos detalhes que provocam nostalgia, lançou a habitual coleção de natal para transmitir «serenidade», numa altura em que a segunda vaga da pandemia veio afetar o conceito de normalidade.

Peter Jo Kids focada na expansão

Aumentar o número de mercados e clientes tem sido a principal dificuldade da marca de vestuário infantil durante a pandemia, já que a meta era consolidar o mercado alemão e, mais tarde, conquistar os EUA. Já as vendas no canal online continuam de vento em popa.

O imediatismo de Susana Bettencourt

Artesã e malheira de coração, a designer de moda redirecionou a estratégia da marca epónima para o canal digital. A transparência para com o público foi um dos fatores impulsionadores desta mudança, a par da correria do quotidiano, que levou Susana Bettencourt a apresentar a coleção de pronto a vestir para o outono-inverno 2020/2021.