Marcas

Início Notícias Marcas

Da ética à estética – Parte 1

Poucas coisas suscitam mais desconfiança junto do consumidor de luxo do que o apelo de um gigante do sector à responsabilidade social e produção sustentável. Inevitavelmente, emergem suspeitas de uma falsa consciência verde e gestos simbólicos forçados. Mas algo mais começa a fazer-se notar.

Quanto vale a crise chinesa?

Nos últimos 30 anos, a China deixou de ser um simples ponto no radar das marcas de luxo, ocupando atualmente uma posição indiscutível no mercado de luxo mais importantes do mundo.

Primark prepara explosão

A cadeia de moda de baixos preços poderá duplicar as vendas e lucros em apenas cinco anos. Um crescimento que começará já a ser impulsionado com a próxima estreia da retalhista de origem irlandesa no mercado americano, cuja chegada à cidade de Boston deverá acontecer mês.

Gap de pedra e cal

O gigante americano do retalho Gap Inc mostra-se otimista face às perspetivas de crescimento de longo-prazo na China, apesar da deflação da moeda deste país, assegurando estar no caminho certo com a sua reestruturação estratégica.

H&M aposta na reciclagem

A Hennes & Mauritz, a segunda maior retalhista de moda do mundo, está a promover a reciclagem, numa iniciativa que se destina a reduzir o seu impacto ambiental, impulsionar as credenciais éticas e adereçar a iminente escassez de matérias-primas.

G-Star desafia os limites

A G-Star Raw prospera sob a égide de um design inovador, de novas técnicas de lavagem e de tingimento, assim como de uma forte política de sustentabilidade, presente em todos os seus produtos e processos nos últimos 26 anos.  

Birkin sem crocodilo

A cantora e atriz britânica Jane Birkin pediu à casa de luxo Hermès que retirasse o seu nome da bolsa de pele de crocodilo, depois de tomar conhecimento dos métodos «cruéis» usados no fabrico do icónico acessório.

Os titãs da moda – Parte 2

A Zara emerge como um baluarte da fast-fashion mundial, testemunhando um crescimento notável em território americano, devido à sua estrutura de cadeia de aprovisionamento e estratégia de merchandising inovadora, que contrasta com os demais retalhistas de moda tradicionais.

Jeans mais verdes

A Levi’s está a apostar forte na sustentabilidade, promovendo a reutilização de peças de vestuário em fim de ciclo de vida, reaproveitando-as para fabrico de artigos novos, assim como outros materiais.

Os titãs da moda – Parte 1

A introdução e estabelecimento da Uniqlo no mercado de retalho americano marcou um ponto de viragem para a marca japonesa, cujo percurso ascendente assenta numa filosofia interna pautada pela consistência e foco na inovação e na sustentabilidade.

Mais vistas