Marcas

Início Notícias Marcas

Ranking de popularidade

L'Oreal, Nivea, Dove e Chanel figuram entre as marcas mais recomendadas pelos utilizadores nas redes sociais, em posição oposta à ocupada pelo McDonald’s e pela multinacional agroquímica Monsanto, que ocupam os últimos lugares da lista de referenciação.

Bons negócios à vista

No rescaldo do acordo nuclear alcançado entre o Irão e as principais potências mundiais, os investidores estão a avaliar quais as empresas que mais poderão beneficiar do fim das sanções.

Garantia Chanel

Face ao contexto de instabilidade económica vivido em território grego, que tem suscitado desconfiança entre a população local face ao destino dos seus depósitos bancários, as marcas de luxo tornam-se mais valiosas que o dinheiro.

Top 10 do vestuário americano

Concluído o primeiro semestre de 2015, cabe analisar a prestação das principais marcas de vestuário americanas no último ano fiscal, através da compilação de uma listagem que inclui nomes clássicos da indústria e algumas referências crescentes no panorama do retalho americano.

Denim em novo patamar

Jason Denham elevou a fasquia da inovação do fabrico de jeans desde que se estreou na indústria há 20 anos atrás e a visão de crescimento que acompanha a sua marca epónima é fundamentada na utilização das mais avançadas técnicas de lavagem, tecidos de luxo e unidades de fabrico sustentáveis.

O compromisso nacional da Nike

O gigante americano do desporto reiterou o compromisso tomado relativamente à ampliação das suas operações avançadas de fabricação nacionais, na sequência da recente aprovação de algumas medidas essenciais, no âmbito da legislação comercial dos EUA.

Sustentabilidade nos jeans

A Levi Strauss quer continuar a elevar a fasquia no que diz respeito à sustentabilidade da sua cadeia de aprovisionamento, dos campos de algodão ao produto final, mantendo a liderança no sector através da promoção de novos desenvolvimentos e programas de apoio, ao mesmo tempo que impulsiona a evolução da indústria no geral.

O milagre da multiplicação

A casa de moda Alexander McQueen, uma das “pequenas” marcas do grupo Kering, antecipa uma duplicação das vendas nos próximos três a quatro anos e um aumento da rentabilidade, suportados pela expansão da rede de lojas e um foco renovado em artigos de couro.

H&M sente o peso do dólar

A Hennes & Mauritz, a segunda maior retalhista de moda do mundo, alertou para um impacto «muito negativo» do aumento dos custos, devido à valorização do dólar, que também afetou os lucros do segundo trimestre da empresa sueca.

Moda tecnológica

A emergência das tendências digitais obrigou a indústria de luxo a readaptar os seus processos. O seu sucesso está intrinsecamente dependente da capacidade de transformação e resposta do sector a este novo ambiente.

Mais vistas